PUBLICIDADE

Polícia acha cabo em hélice do avião de Marília Mendonça

Choque da aeronave com o cabo de uma torre de energia pode ser a explicação do acidente que matou a cantora e mais quatro pessoas

9 nov 2021 07h59
ver comentários
Publicidade
Avião foi retirado do local do acidente no domingo
Avião foi retirado do local do acidente no domingo
Foto: Geraldo Mendes da Silva / Divulgação

Durante as investigações do acidente aéreo que matou a cantora Marília Mendonça e mais quatro, a Polícia Civil de Minas Gerais encontrou um pedaço de cabo enrolado em uma das hélices da aeronave, informou o jornal Folha de S. Paulo nesta terça-feira, 9.

A cantora estava a bordo do avião cujo destino era a cidade mineira de Caratinga, onde Marília faria show na sexta-feira, 5. Próximo ao aeroporto, no entanto, o bimotor caiu em uma região de cachoeira. O choque com o cabo de uma torre de energia é uma das principais hipóteses para explicar a fatalidade.

No dia do acidente, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) havia confirmado que a aeronave atingiu o cabo de uma das torres de distribuição da empresa. A Cemig informou ainda que a torre está localizada fora da zona de proteção do aeroporto de Caratinga.

Ainda assim, várias hipóteses para o que poderia ter ocasionado o acidente são estudadas. Órgão da Força Aérea Brasileira, o Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) realiza perícia que ainda não tem prazo para ser concluído, enquanto a Polícia Civil apura possíveis responsáveis pelo incidente.

A investigação também inclui uma avaliação mais detalhada na fuselagem do avião, que foi retirado do local do acidente no domingo, 7, e encaminhado para o Rio de Janeiro. Os motores serão levados para Sorocaba, em São Paulo, para análise.

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade