PUBLICIDADE

Motorista de app é sequestrado e faz vídeo após ser baleado no litoral de SP

Dois suspeitos foram presos após o crime em São Vicente; PM contou com auxílio do Águia na captura

11 jun 2024 - 10h54
(atualizado às 11h09)
Compartilhar
Exibir comentários
Motorista de aplicativo faz vídeo após ser baleado em sequestro no litoral de SP:

Um motorista de aplicativo de 29 anos foi baleado após ser sequestrado em São Vicente, no litoral de São Paulo, na tarde desta segunda-feira, 10. Depois de ser resgatado pela Polícia Militar, ele fez um vídeo onde aparece chorando informando o ocorrido. Dois homens foram presos pelo crime.

Ao Terra, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que policiais militares estavam em patrulhamento quando foram informados que suspeitos haviam baleado um homem em uma tentativa de roubo. 

Então, a equipe policial deu início a busca e encontrou o carro da vítima e os três criminosos na Rua Benedita Martins, no bairro Samaritá. O motorista foi encontrado com uma marca de tiro no ombro, dentro do veículo. 

No momento em que perceberam a presença dos PMs, os três tentaram fugir. Foi solicitado o apoio ao helicóptero Águia, que auxiliou nas buscas e prisão de dois deles, de 28 e 33 anos. O terceiro fugiu. 

Motorista de app gravou vídeo logo após ser resgatado pela Polícia Militar
Motorista de app gravou vídeo logo após ser resgatado pela Polícia Militar
Foto: Reprodução/X/@santaportal1

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) compareceu ao local e socorreu a vítima até o PS do Rio Branco. À reportagem, a Secretaria Municipal de Saúde informou que ele foi transferido ao Hospital do Vicentino (HDV), para realizar exames mais detalhados.

De acordo com a TV Tribuna, afiliada da Rede Globo, naquela tarde, a vítima havia levado um passageiro de Guarujá para Praia Grande, e na volta, parou na Vila Ema após ser acionado pelo aplicativo. Ao chegar no endereço, dois homens entraram no carro e ele deu início à viagem. 

Uma parada foi solicitada no bairro Samaritá e nesse momento, um terceiro suspeito o abordou e anunciou o assalto. Os criminosos chegaram a transferir da conta do motorista R$1.500. A vítima foi baleada quando tentou fugir. A Polícia Civil acredita que o crime foi premeditado. 

"Os indivíduos sabiam que a vítima tinha vendido uma moto, o que é muito estranho. Antes do roubo, já sabiam. Então, eu acho que é um crime planejado, já há algum tempo", afirmou à emissora o delegado do 3º DP de São Vicente, Norberto Donizeti Bergamini.

A perícia foi acionada e o caso registrado como roubo e tentativa de homicídio no 3° DP da cidade.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade