PUBLICIDADE

Cidades

Menino de 10 anos salva vida da mãe que estava sendo eletrocutada: "Lembrei da aula"

Graças ao que aprendeu na escola no dia anterior,José Gabriel conseguiu ajudar a mãe que estava levando choque e se debatendo no chão da casa

25 nov 2023 - 09h37
(atualizado às 10h17)
Compartilhar
Exibir comentários
José Gabriel Gomes Botelho
José Gabriel Gomes Botelho
Foto: Reprodução/TV Globo / Perfil Brasil

José Gabriel Gomes Botelho tem apenas 10 anos, mas já pode ser chamado de herói. Com muita agilidade, ele conseguiu salvar a mãe, a servidora pública Lucirene Gomes Botelho, que estava sendo eletrocutada. Em entrevista à TV Globo, o menino agradeceu à professora Andreia que, dias antes, ensinou os alunos sobre os tipos de energia. "Eu me lembrei da aula", disse o garoto.

O susto aconteceu no último domingo (19), quando mãe e filho estavam sozinhos em casa. Lucirene relatou ao g1 que lavava roupas na máquina e decidiu limpar a lavanderia quando levou um choque.

"Eu coloquei um tanquinho de lavar roupa aqui para lavar tapetes, estendi uma extensão. Quando eu tirei o tanquinho, percebi que havia ficado sujo. Eu pensei: 'Vou lavar, mas antes, vou pegar a extensão para não molhar porque é perigoso água com energia'. Na hora que eu abaixei, que eu fui pegar, a extensão voou na minha mão, me jogou na parede. Eu caí no chão, fiquei me debatendo."

Ao ver a mãe se debatendo no chão, o filho correu para ver o que estava acontecendo.

"Fui ver, a minha mãe estava tomando um choque. Eu pensei: 'Ela caiu, eu vou ajudar ela a levantar'. Mas quando cheguei perto dela, vi que tinha uma rede de energia me puxando para ir para ela. Depois que ela falou que estava tomando choque e eu vi a extensão em cima da perna dela. Eu desliguei a torneira porque a água estava caindo em cima dela e se caísse mais água iria piorar a situação", explicou.

Ele correu para dentro de casa e desativou todas as chaves do quadro geral de distribuição. Quando a energia foi desligada, o choque parou.

 

Quando o susto passou, a mãe agradeceu ao filho por ter salvo sua vida. José Gabriel agradeceu à mãe e à professora: "Eu também tenho que agradecer a mamãe por ter me ensinado a desligar o disjuntor e a minha professora Andreia porque ela está me fazendo umas aulas sobre energia. Ela me levou lá no Senac, me mostrou como são várias energias, como nuclear, solar. Uma dessas energias era essa e eu lembrei da aula", disse o menino.

Perfil Brasil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade