PUBLICIDADE

Homem é preso suspeito de torturar e manter filha e ex-mulher em cárcere privado

Suspeito foi preso em flagrante em Copacabana, bairro nobre do Rio de Janeiro

4 mar 2024 - 21h29
(atualizado em 5/3/2024 às 09h04)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reprodução

Um homem, identificado como Vladimir Deziderio Bandeira, foi preso no domingo, 3, em Copacabana, no Rio de Janeiro, por suspeita de torturar e manter sua filha e ex-companheira em cárcere privado. Além desses crimes, ele está sendo investigado também por lesão corporal e injúria.

Segundo a Polícia Civil, foram as próprias vítimas que denunciaram o homem. Elas foram até a delegacia enquanto Vladimir teria ido à igreja. A filha é uma adolescente de 16 anos.

De acordo com o relato delas, o suspeito as agredia com chineladas, empurrões e fazia ameaças com uma arma.

Uma equipe da 12ª Delegacia de Polícia (DP) foi ao endereço e prendeu o homem em flagrante. Os agentes realizaram uma vistoria na residência e localizaram uma pistola de ar comprimido embaixo da cama do filho do casal.

Além disso, as vítimas passaram por exame de corpo de delito que comprovou as lesões.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade