0

Duas pessoas morrem em queda de avião bimotor em SP

Aeronave voava próxima da pista de pouso do aeroclube da cidade Tietê quando se chocou contra o solo e explodiu

19 mai 2020
16h07
atualizado às 16h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Duas pessoas morreram na queda de um avião bimotor nesta terça-feira (19) em Tietê, no interior de São Paulo. O acidente aconteceu em um sítio, no bairro Baronesa, à margem do Rio Tietê.

A aeronave, modelo Seneca 3, voava próxima da pista de pouso do aeroclube da cidade, quando se chocou contra o solo e explodiu. Equipes do Corpo de Bombeiros que se deslocaram para o local encontraram os dois ocupantes mortos e parcialmente carbonizados.

Bimotor tentou pousar em pista do aeroclube, mas bateu no solo e explodiu, em Tietê, interior de São Paulo; piloto e o passageiro morreram.
Bimotor tentou pousar em pista do aeroclube, mas bateu no solo e explodiu, em Tietê, interior de São Paulo; piloto e o passageiro morreram.
Foto: Polícia Militar/Divulgação / Estadão Conteúdo

Conforme informações da Polícia Civil, as vítimas são o piloto Celso Bernardo dos Reis, de 52 anos, e o passageiro João Robson Lima Costa, que não teve a idade divulgada. A aeronave foi abastecida no aeroposto localizado no aeroclube e decolou, mas teria apresentado uma avaria no motor.

Moradores relataram terem visto o avião passar em voo baixo, fazendo muito barulho e soltando fumaça. O piloto ainda tentou retornar para a pista, para um pouso de emergência, mas o avião bateu no solo e explodiu.

A Polícia Civil comunicou o ocorrido ao Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa 4) e aguardava a chegada de uma equipe para investigar as causas do acidente. O local com os destroços foi isolado pelo Corpo de Bombeiros.

Veja também:

Governo teme que atos de rua cresçam e se tornem pró-impeachment
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade