6 eventos ao vivo

Chuva forte deixa quase toda São Paulo em estado de atenção

23 fev 2012
16h02
atualizado às 18h16

Pancadas de chuva forte provocadas pelo calor e pela alta umidade do ar deixaram quase toda a cidade de São Paulo em estado de atenção na tarde desta quinta-feira. Às 15h43, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) colocou as zonas sul e sudeste em atenção; às 16h20, o decreto foi estendido à Marginal Tietê e ao centro da cidade; às 16h35, foi a vez das zonas norte e leste entrarem em atenção. A situação só foi normalizada às 17h45.

Pedestre se protege da chuva na avenida Luiz Carlos Berrini
Pedestre se protege da chuva na avenida Luiz Carlos Berrini
Foto: Mauro Horita / Terra

De acordo com imagens de radar do órgão, as instabilidades que atingiram a capital paulista ao longo da tarde desta quinta-feira perderam força por volta das 17h45, restando apenas chuvas fracas na maioria das regiões. Havia precipitação moderada apenas em alguns pontos isolados da zona norte e extremo leste da cidade.

Na Grande São Paulo, segundo o CGE, havia registro de chuva forte entre Barueri, Osasco, Santana de Parnaíba e parte de Guarulhos. Nas demais cidades, havia incidência apenas de chuvas leves com pontos moderados.

Às 16h15, o aeroporto de Campo de Marte, na zona norte, registrou rajadas de vento de 38 km/h. Por volta das 17h, a velocidade dos ventos alcançou os 42 km/h no Mirante de Santana, também na zona norte. A região da Grande São Paulo que havia acumulado o maior volume de chuva até as 16h50 era Ribeirão dos Couros, em São Bernardo do Campo, com 56 mm.

Conforme a equipe de meteorologia do CGE, uma área de instabilidade que encontra-se no sul do Estado avança em direção à Região Metropolitana de São Paulo ao longo da noite, e deve provocar novas chuvas com intensidade leve à moderada na Capital e municípios vizinhos.

Fonte: Terra
publicidade