PUBLICIDADE

Bixiga retoma tradicional distribuição do bolo de aniversário em São Paulo

Moradores do bairro retomaram a festa na região central de São Paulo em celebração ao aniversário de 470 anos da cidade

25 jan 2024 - 14h13
(atualizado às 15h03)
Compartilhar
Exibir comentários
A tradição de distribuição do bolo foi criada em 1985 por Walter Taverna, figura icônica no bairro, e o amigo Armando Puglisi
A tradição de distribuição do bolo foi criada em 1985 por Walter Taverna, figura icônica no bairro, e o amigo Armando Puglisi
Foto: Felipe Iruatã/Estadão / Estadão

No aniversario de 470 anos de São Paulo, uma antiga tradição voltou a agitar a região do bairro do Bixiga, no centro da cidade: a distribuição do bolo quilométrico em homenagem à capital paulista.

A tradição de distribuição do bolo foi criada em 1985 por Walter Taverna, figura icônica no bairro, e o amigo Armando Puglisi, mais conhecido como Armandinho do Bixiga. No início, o bolo era formado por unidades feitas e doadas por moradores do bairro.

Em 2007, o evento foi parar no Calendário de Eventos da cidade de São Paulo. A "Festa do Bolo do Bixiga" então, ganhou ainda mais destaque e patrocinadores, além da atenção internacional. O bolo chegou a entrar no Guinness Book, o Livro dos Recordes, com o marco de maior do mundo.

Distribuído tradicionalmente no dia 25 de janeiro, na Rua Rui Barbosa, o bolo tem por tradição aumentar a cada ano, totalizando em metros a quantidade de anos que a cidade está completando.

Mesmo com a perda de patrocinadores ao longo dos anos e a suspensão das comemorações por conta da pandemia de covid-19 e também pela morte de Walter Taverna no ano passado, a festa hoje tem realização garantida pela comunidade, voltando às suas tradições.

Voluntários organizam e distribuem o tradicional bolo de aniversário de SP, no Bixiga; Moradores do bairro e vizinhos fizeram os 470 metros de bolo da celebração deste ano.
Voluntários organizam e distribuem o tradicional bolo de aniversário de SP, no Bixiga; Moradores do bairro e vizinhos fizeram os 470 metros de bolo da celebração deste ano.
Foto: Felipe Iruatã/Estadão / Estadão

Para evitar confusão, a distribuição foi feita por voluntários para todos os interessados. O evento, que contou com apoio da Prefeitura, ainda teve show da velha Guarda Musical da escola de samba Vai-Vai, fundada no bairro, Bateria 013, DJ Papaleo, Trupe Baião de 2 e saída do cortejo pelo Parque do Bixiga com Charanga do França.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade