0

Alagamentos: Doria pede que moradores evitem sair de casa

Governador de SP diz que planejamento de obras em infraestrutura não deve ser revisto com o temporal desta segunda, 10

10 fev 2020
12h08
atualizado às 12h29
  • separator
  • 0
  • comentários

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), recomendou que moradores de áreas mais atingidas pelas forte chuvas no Estado evitem deslocamentos nesta segunda-feira, 10. Em viagem oficial aos Emirados Árabes Unidos, o governador ressaltou que o volume das chuvas tem aumentado nos últimos anos por causa de mudanças climáticas, e disse que não é possível "evitar por completo" os estragos com investimentos em infraestrutura.

"Evitar por completo não será, evidentemente, algo possível, já que a incidência de chuvas ao longo dos anos, a mudança climática, está impondo um volume de chuvas maior", disse Doria, logo após um evento de inauguração de um escritório da agência de investimentos estadual, a Investe SP, em Dubai.

Fortes chuvas causam alagamento na Marginal Tietê, na altura da Ponte da Casa Verde, na zona norte de São Paulo
Fortes chuvas causam alagamento na Marginal Tietê, na altura da Ponte da Casa Verde, na zona norte de São Paulo
Foto: Marcelo Gonçalves / SIGMAPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Doria disse, ainda, que o planejamento para obras em infraestrutura foi revisto no ano passado e, por isso, não é necessário mudar o planejamento do governo após o temporal desta segunda. "No ano passado, nós tivemos chuvas internas, tivemos mortes também na região metropolitana. Fizemos isso no ano passado, não é de agora."

Entre as medidas emergenciais que foram tomadas, ele disse que a Defesa Civil estadual tem trabalhado em conjunto com os órgãos municipais, e que áreas de risco tiveram o acesso restrito. Ele diz que moradores em áreas de risco de desmoronamento já estariam sendo alertadas pela Defesa Civil, através de mensagens de SMS, de que devem deixar suas casas.

"Tomo aqui a iniciativa de sugerir às pessoas que evitem deslocamentos, exceto aqueles absolutamente necessários, porque o deslocamento nas ruas, com a intensidade das chuvas, põe em risco as pessoas", recomendou.

* O repórter viajou a convite do governo estadual de São Paulo e da Investe SP

Veja também

Chuva causa alagamentos em avenidas de Balneário Camboriú

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade