PUBLICIDADE

Brasil passa das 622 mil mortes por Covid-19

Foram 350 óbitos e 168.495 novos casos em 24 horas

20 jan 2022 18h26
| atualizado às 18h47
ver comentários
Publicidade

O Brasil registrou mais 350 mortes nas últimas 24 horas, elevando para 622.205 as vítimas da pandemia, informou o Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass) nesta quinta-feira (20).

Média de mortes continua subindo, mas não no mesmo ritmo dos novos casos
Média de mortes continua subindo, mas não no mesmo ritmo dos novos casos
Foto: EPA / Ansa - Brasil

Foram ainda 168.495 contágios no período, totalizando 23.585.243 casos desde o início da crise sanitária.

Pela primeira vez na pandemia, o país ultrapassou a marca de 100 mil infecções em sua média móvel: o índice nos últimos sete dias foi para 110.047. Já a média dos falecimentos continua em sua trajetória ascendente e chegou a 237.

O estado de São Paulo continua sendo líder dos dados tanto de contágios e mortes, com 4.534.066 e 156.165, respectivamente.

O Rio de Janeiro também segue liderando os dados proporcionais, com uma taxa de letalidade de 4,5% e de mortalidade de 403,3 a cada 100 mil habitantes. Os índices nacionais estão, respectivamente, em 2,6% e 296,1 a cada 100 mil.

Também nesta quinta-feira, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou a aplicação da vacina CoronaVac, da Sinovac Biotech e do Instituto Butantan, para crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. Além dessa fórmula, o Brasil aplica o imunizante pediátrico da Pfizer/BioNTech em pessoas de cinco a 11 anos e a fórmula normal a partir dos 12 anos. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade