PUBLICIDADE

Anvisa autoriza primeiros testes da ButanVac em humanos

9 jun 2021 19h06
| atualizado às 19h38
ver comentários
Publicidade

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o início da realização da pesquisa clínica da vacina ButanVac, do Instituto Butantan, para covid-19.

ButanVac
ButanVac
Foto: Rogério Galasse / Futura Press

Entretanto, antes de começar a fase de aplicação experimental da vacina em voluntários no Brasil, o Butantan precisará apresentar algumas informações complementares sobre testes em andamento com a vacina.

Conforme comunicado, esta será a primeira vez que a ButanVac será aplicada em humanos e por isso serão conduzidas as fases clínicas 1 e 2.

A anuência da pesquisa será publicada na quinta-feira no Diário Oficial da União.

No final de maio, o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, disse na CPI da Covid do Senado que, diante da expectativa de concluir rapidamente estudos clínicos da vacina ButanVac assim que houvesse autorização da Anvisa, seria possível disponibilizar ao menos 40 milhões de doses do imunizante no último trimestre deste ano.

Covas defendeu o uso do imunizante, principalmente a países pobres, por ter baixo custo e por integrar uma "segunda geração" de vacinas, além de poder incorporar novas variantes do coronavírus com facilidade.

O diretor do Butatan também já explicou que a ButanVac, que se baseia em uma tecnologia desenvolvida nos Estados Unidos, será 100% produzida no Brasil, sem necessidade de importação de insumos e em uma fábrica do instituto que já existe e que é responsável atualmente pela produção da vacina contra a gripe.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade