2 eventos ao vivo

A cronologia do sequestro de 3h30 na ponte Rio-Niterói

Veja os principais momentos do episódio, que terminou com a morte do sequestrador.

20 ago 2019
10h30
atualizado às 10h41
  • separator
  • 0
  • comentários

Após cerca de três horas e meia de tensão, acabou o sequestro de um ônibus na ponte Rio-Niterói, com a morte do sequestrador por um atirador da Polícia Militar.

Uma refém, que foi libertada antes do desfecho, acabou desmaiando ao descer do ônibus
Uma refém, que foi libertada antes do desfecho, acabou desmaiando ao descer do ônibus
Foto: EPA / BBC News Brasil

Segundo os policiais, nenhum dos cerca de 30 reféns ficou ferido.

Eis os principais momentos do episódio:

5h25: Horário estimado em que um homem de camiseta branca e máscara faz reféns em um ônibus da viação Galo Branco, que rumava de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, ao Estácio, no centro da cidade.

6h06: A primeira menção no Twitter sobre o caso, mesmo antes do anúncio oficial, foi feita por uma mulher que seria passageira de um ônibus que seguia atrás do veículo parado na Ponte Rio-Niterói.

Pouco depois, a imprensa começa a noticiar e a transmitir ao vivo os acontecimentos e a operação policial subsequente.

6h29: A Polícia Militar fluminense confirma que se trata de uma tomada de reféns na ponte e diz que Bope (batalhão de operações especiais) assumirá as negociações. A primeira refém é liberada.

8h35: Em entrevista à BandNews, o coronel Mauro Fliess, porta-voz da Polícia Militar, diz que está em curso uma negociação "tensa" com o sequestrador, pedindo que ele liberte os reféns, e diz que uma das estratégias possíveis é o uso de snipers (atiradores de elite), a depender de decisão tomada pelo policial "gerente da crise".

8h42: O governador do Rio, Wilson Witzel, diz via Twitter que está acompanhando o caso.

8h56: Seis vítimas já haviam sido liberadas, segundo a PM. Uma delas desmaiou logo que desceu do ônibus.

9h02: São ouvidos disparos em direção ao sequestrador, e atiradores do Bope comemoram.

9h18: Polícia Militar confirma fim da operação e a morte do sequestrador. "O Tomador de Refém foi neutralizado por um atirador de precisão do #BOPE e todos os reféns foram libertados ilesos", afirmou em tuíte.

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade