PUBLICIDADE

Audiência de plataformas de streaming aumenta durante a pandemia

Com aumento da procura por entretenimento, artistas brasileiros buscam novas oportunidades de carreira

22 jul 2021 14h43
ver comentários
Publicidade

De acordo com documento assinado por 63 entidades do audiovisual brasileiro em agosto de 2019, divulgado durante a 47ª edição do Festival de Cinema de Gramado/RS, o setor movimenta mais de 25 bilhões de reais por ano, o que representa 0,46% do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil. Em tempos de grande transformação digital, o setor audiovisual se tornou uma das principais ferramentas para a comunicação eficaz de pessoas e organizações, já que está diretamente ligado ao modo em como a sociedade cria e consome conteúdo.

Foto: DINO / DINO

Em 2020, durante o isolamento social em decorrência da pandemia, os vídeos podem ter se tornado tanto escapatória de entretenimento, quanto uma forma de interlocução e conexão entre empresas e seus colaboradores e método de educação.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Kantar IBOPE Media, 98% dos usuários de internet consomem algum tipo de conteúdo via streaming de áudio ou vídeo e 73% afirmam que o consumo de streaming de vídeo (pago ou gratuito) aumentou após o início da atual crise. Por isso, uma série de tendências surgiu neste período e pode se fortalecer ainda mais em 2021.

Para Noelle Nogueira, atriz e modelo brasileira, o setor de entretenimento tem crescido cada vez mais depois da pandemia. "As pessoas têm passado mais tempo em casa, o que foi um facilitador para a ampliação da programação de plataformas de streaming", comenta.

Oportunidades para artistas brasileiros no streaming

Dados divulgados pela Netflix e publicados pelo portal Meio&Mensagem mostram que a plataforma atingiu 200 milhões de assinantes no mundo, sendo que 60% deles estão fora da América do Norte.

Somente no Brasil, até junho de 2020, o streaming contava com 17 milhões de assinaturas. Segundo dados da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), nesse período o Brasil tinha 15,2 milhões de assinantes de televisão a cabo.

Com essa movimentação, artistas brasileiros têm buscado oportunidades fora da televisão brasileira como é o caso de Wagner Moura, protagonista de Narcos, série de alcance mundial, e Bruno Gagliasso, que atualmente está na Espanha desenvolvendo uma série para a plataforma de streaming Netflix.

Segundo Noelle, os artistas brasileiros estão sendo beneficiados com essa mudança de comportamento do consumidor. "O número de acessos podem contribuir para a quantidade de produções que a plataforma terá que desenvolver. Esse é um ciclo comum que tem contribuído para a contratação de novos artistas, gerando oportunidades para atores brasileiros", finaliza.



Website:

https://www.instagram.com/olivisassessoria/
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Publicidade
Publicidade