PUBLICIDADE

Anota aí! Prazo para declaração do Imposto de renda está acabando

O prazo final para entrega do Imposto de Renda acaba às 23h59 do dia 31 de maio; Receita Federal aguarda cerca de 12 milhões de declarações

16 mai 2022 14h02
ver comentários
Publicidade
Até o momento, a Receita Federal recebeu pouco mais da metade de todas as declarações esperadas para 2022
Até o momento, a Receita Federal recebeu pouco mais da metade de todas as declarações esperadas para 2022
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Sim, faltam apenas duas semanas para o fim do prazo para a entrega do Imposto de Renda! Prolongado por mais um mês, o Governo Federal estendeu o período para entrega da declaração para até o dia 31 de maio, às 23h59. 

De acordo com a Receita Federal, é esperado um total de 34,1 milhões de declarações do Imposto de Renda. Contudo, até o momento, o órgão recebeu apenas 65% deste total — pouco mais de 22 milhões de IRs de todo o Brasil. Então, se você ainda não entregou, vale a pena se apressar porque o prazo está acabando. 

O que acontece caso eu não entregue o Imposto de Renda no prazo?

Caso você perca o prazo de entrega do Imposto de Renda (31 de maio), saiba que é possível entregar a declaração depois. Contudo, você será obrigado a pagar uma multa

Quem é obrigado a entregar o Imposto de Renda em 2022?

O Imposto de Renda de 2022 possui como referência o ano de 2021, então caso você faça parte de algum dos casos listados abaixo, é obrigatória a declaração. Confira:

  • quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2021;
  • contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado;
  • quem obteve, em qualquer mês de 2021, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • quem teve isenção de imposto sobre o ganho de capital na venda de imóveis residenciais, seguido de aquisição de outro imóvel residencial no prazo de 180 dias;
  • quem teve, em 2021, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;
  • quem tinha, até 31 de dezembro de 2021, a posse ou a propriedade de bens, ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;
  • quem passou para a condição de residente no Brasil em qualquer mês e se encontrava nessa condição até 31 de dezembro de 2021.

Lotes de restituição:

Apesar de a data de entrega do Imposto de Renda ter sido alterada para maio, o período para restituição do IR continua o mesmo. Vale lembrar que, quanto mais cedo é realizada a entrega, maior a chance de receber a restituição antes. Veja a seguir:

  • 31 de maio;
  • 30 de junho;
  • 29 de julho;
  • 31 de agosto;
  • 30 de setembro.

Por fim, vale lembrar que quando não realizada a entrega do Imposto de Renda, o cidadão é passível de multa e até mesmo do cancelamento do CPF. Então fique de olho e não perca o prazo por aí. Para fazer a declaração, basta acessar os portais autorizados pela Receita Federal como o aplicativo Meu Imposto de Renda e o e-CAC.

Alto Astral
Publicidade
Publicidade