Desde 2020 gays podem doar sangue. Conheça conquistas LGBTQIAP+

Há exatos 30 anos, a Organização Mundial da Saúde (OMS) deixou de considerar a homossexualidade como doença. Ainda hoje, ser LGBTQIAP+ é crime em 70 países. A luta da comunidade é constante, mas há muito para se comemorar. No vídeo, Ikaro Kadoshi, apresentador, drag queen e jornalista, relembra os avanços conquistados nos últimos anos.

Fonte: Redação Nós
Publicidade

Vídeos relacionados

Recomendado para você

Publicidade