PUBLICIDADE

Mulher é morta horas depois de pedir medida protetiva contra o marido em SP

Marido é suspeito de ter desferido golpes de facas contra a vítima, que morreu ainda no local; ele foi preso após o crime

27 fev 2024 - 16h06
(atualizado às 19h07)
Compartilhar
Exibir comentários
Milena Dantas Bereta Nistarda havia pedido medida protetiva contra o marido, Marcelo Nistarda Antoniassi
Milena Dantas Bereta Nistarda havia pedido medida protetiva contra o marido, Marcelo Nistarda Antoniassi
Foto: Reprodução/Instagram:@marcelo_antoniassi

Uma mulher, de 53 anos, foi morta a facadas na tarde desta segunda-feira, 26, no bairro Vila Abarca, em Tupã (SP). A vítima havia solicitado uma medida protetiva contra o marido, Marcelo Nistarda Antoniassi, de 49 anos, horas antes do crime. Ele foi preso suspeito pelo feminicídio.

Segundo a Polícia Civil informou ao Terra, as investigações apontam que o marido de Milena Dantas Bereta Nistarda, de 53 anos, invadiu a residência em que ela estava e desferiu golpes de facas contra a vítima, que morreu ainda no local.

Após o crime, Marcelo tentou fugir, mas foi preso em flagrante pelos policiais. O caso foi registrado na Delegacia de Tupã, onde segue sendo investigado. Ele permaneceu à disposição da Justiça.

Nas redes sociais, familiares lamentaram a morte de Milena, que deixa dois filhos, frutos do casamento com o suspeito. "Sem acreditar que você se foi, te amarei para sempre", postou a cunhada da vítima. "Deus vai te receber de braços abertos minha irmã", escreveu o irmão dela.

O Terra tenta localizar a defesa de Marcelo Nistarda Antoniassi. O espaço segue aberto para manifestações. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade