PUBLICIDADE

Lei sancionada torna Dia da Consciência Negra feriado no estado de SP

O feriado deixa de ser facultativo em todo o estado paulista, assim como em Alagoas, Amazonas, Amapá e Mato Grosso Texto: Patricia Santos | Foto: Reprodução/Redes sociais

15 set 2023 - 08h53
Compartilhar
Exibir comentários
Deputado Teonilio Barba, que propôs a lei do dia 20 de novembro em São Paulo, durante entrevista coletiva.
Deputado Teonilio Barba, que propôs a lei do dia 20 de novembro em São Paulo, durante entrevista coletiva.
Foto: Reprodução/Redes sociais / Alma Preta

A Lei Estadual de nº 17.746, que institui como feriado o Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, foi sancionada em São Paulo. A legislação publicada no Diário Oficial na quarta-feira (13) foi proposta pelo deputado estadual Teonilio Barba (PT). Antes a data era apenas ponto facultativo no estado, ou seja, ficava a critério de cada município considerar o dia como feriado.

A Secretaria da Justiça e Cidadania, por meio da Coordenadoria de Políticas para a População Negra (CPPN), contribuiu com o Projeto de Lei (PL) através de opiniões, debates e a manifestação de parecer técnico que destacou a importância do dia 20 de novembro para a comunidade negra paulista.

"É uma dívida do estado brasileiro com o nosso povo preto, uma dívida histórica que o Brasil tem. É um gesto importante do governador reconhecer o tema. A luta não para com a aprovação do dia da consciência negra como feriado dia 20 de novembro em todo estado de São Paulo. É uma luta que precisamos continuar perseguindo e combater todo tipo de preconceito. ", disse o deputado Barba, em publicação nas redes sociais. Esse foi o primeiro  PL de autoria do parlamentar sancionado no estado em nove anos de mandato.

Desde 2011, a data também é celebrada como Dia Nacional de Zumbi dos Palmares e da Consciência Negra, instituído pela Lei Federal de n° 12.519, que remete à data de morte do líder do quilombo dos Palmares.

Como essa lei não transformou a data em feriado nacional, os governos de cada estado e/ou cidades do Brasil tiveram a faculdade de optar pelo seu reconhecimento. Em alguns estados, como Alagoas, Amazonas, Amapá e Mato Grosso, e em cerca de 126 municípios paulistas, o feriado já foi decretado.

Alma Preta
Compartilhar
Publicidade
Publicidade