PUBLICIDADE

Homem é preso por esconder câmeras em vestiário feminino da FGV, em São Paulo

"Esses equipamentos captavam a rotina do local, mulheres com a parte de baixo das vestimentas, ou até nuas, trocando de roupas", disse o delegado Percival Alcântara

7 fev 2024 - 12h04
(atualizado às 12h07)
Compartilhar
Exibir comentários

A Polícia Civil prendeu um funcionário terceirizado da Fundação Getúlio Vargas (FGV), no centro de São Paulo, nesta terça-feira (6).

A câmera estava instalada no vestiário feminino
A câmera estava instalada no vestiário feminino
Foto: Reprodução/TV Globo / Perfil Brasil

Ele está sendo acusado de instalar câmeras escondidas em um vestiário feminino da universidade.

Uma vítima disse à polícia que encontrou duas câmeras no vestiário da FGV: uma na tomada e outra em um armário, dentro do local onde as funcionárias se trocavam.

Elas desconfiaram que os equipamentos eram de um funcionário que trabalhava na limpeza da instituição, segundo a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP).

A Polícia Civil levantou provas e representou por um mandado de busca e apreensão na casa do suspeito. A Justiça concedeu o mandado.

As autoridades policiais apreenderam, no endereço do suspeito, materiais eletrônicos e de informática, voltados à captação das imagens das mulheres, informou a SSP.

"Essas câmeras captavam a rotina de um vestiário feminino, mulheres com a parte de baixo das vestimentas, ou até nuas, trocando de roupas", disse o delegado Percival Alcântara, responsável pelo caso, ao SBT.

O delegado afirmou à reportagem que a funcionária descobriu as câmeras porque foi colocar um equipamento na tomada e notou que não estava entrando. Foi quando a mulher percebeu que havia uma microcâmera instalada.

De acordo com a investigação, o preso perseguia uma dessas funcionárias da FGV São Paulo.

"Ele fez trabalhos de amarração, colocou chip rastreador em sua bolsa, tentava ligar para ela, revelava fotos digitais para mídia física — ou seja, um crime de stalking", disse Percival à TV Globo.

Perfil Brasil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade