PUBLICIDADE

Daniel Alves é detido na Espanha sob acusação de agressão sexual

Atleta teria abusado uma jovem em uma casa noturna em Barcelona

20 jan 2023 - 07h51
(atualizado às 08h56)
Compartilhar
Exibir comentários

O lateral-direito Daniel Alves, que defendeu a Juventus entre 2016 e 2017, foi detido nesta sexta-feira (20) em Barcelona, na Espanha, por uma denúncia de agressão sexual.

O jogador de 39 anos de idade, que defende o Pumas UNAM (México), teria assediado uma mulher em uma boate no dia 31 de dezembro. A jovem reportou o episódio para a polícia espanhola cerca de 48 horas depois do ocorrido.

De acordo com o jornal La Vanguardia, o ex-lateral do Barcelona chegou à delegacia no início da manhã e saiu por volta das 10h (local) em um carro da polícia. O jogador já prestou depoimento e negou todas as acusações.

O multicampeão jogador deverá ir em breve a tribunal e o magistrado decidirá sobre sua situação provisória.

As autoridades locais seguem investigando o episódio, informou o Superior Tribunal de Justiça da Catalunha. No momento da suposta agressão sexual, a mulher de 23 anos notificou a casa noturna, e os responsáveis pelo estabelecimento entraram em contato com a polícia.

Dani Alves estava em Barcelona após ter disputado a Copa do Mundo do Catar pela seleção brasileira. Após o atleta ter sido denunciado, ele voltou ao México para se reapresentar ao Pumas.

Após a denúncia, a esposa do jogador, a modelo Joana Sanz, publicou uma imagem no Instagram mostrando sua mão entrelaçada com a do marido. O post tinha a seguinte descrição: "Juntos".

Em sua breve passagem pelo futebol italiano, o lateral foi campeão de uma Série A e de uma Copa da Itália pela Juventus. .

Daniel Alves defende o Pumas UNAM e jogou a Copa do Mundo de 2022
Daniel Alves defende o Pumas UNAM e jogou a Copa do Mundo de 2022
Foto: EPA / Ansa - Brasil
Ansa - Brasil   
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade