PUBLICIDADE

Volkswagen T-Cross 2023 agora vai de R$ 113 mil a R$ 163,5 mil

Volkswagen aumenta preços do T-Cross em até R$ 1.620 num momento em que o SUV perde vendas para o Chevrolet Tracker

20 out 2022 - 06h00
Compartilhar
Exibir comentários
Volkswagen T-Cross Sense
Volkswagen T-Cross Sense
Foto: VW / Divulgação

O Volkswagen T-Cross 2023 ficou mais caro. A montadora aumentou os preços de seu SUV mais vendido em até R$ 1.620. O maior aumento foi aplicado na versão Highline, topo de linha, única que utiliza motor 1.4 turbo de 150 cv. O T-Cross Highline agora custa R$ 163.510 (antes era R$ 161.890).

O T-Cross mais acessível é o Sense 1.0 TSI. Ele parte de R$ 114.850 depois do aumento de R$ 1.430 (antes custava R$ 113.420). O T-Cross Sense é um dos três que usam o motor 1.0 turbo de 128 cv. Visualmente, trata-se do carro mais simples da linha. A grade frontal é toda preta, de plástico, e as calotas são mais simples. O interior é muito espartano e o carro não tem nem sequer um rádio.

Volkswagen T-Cross TSI 200
Volkswagen T-Cross TSI 200
Foto: VW / Divulgação

O Volkswagen T-Cross 200 TSI foi o que teve o menor aumento (R$ 1.340). A versão intermediária de 128 cv agora custa R$ 134.990 (antes era R$ 133.650). Visualmente, ele se diferencia da versão de entrada apenas pelo desenho das calotas. Mas o interior é mais equipado. Vem com rádio, espelhamento do celular e conexão Bluetooth, por exemplo.

Volkswagen T-Cross Highline
Volkswagen T-Cross Highline
Foto: VW / Divulgação

O T-Cross topo de linha com motor 1.0 é o Comfortline. Ele teve aumento de R$ 1.510 e agora custa R$ 152.100 (antes era R$ 150.590). O T-Cross Comfortline é muito bonito e até as rodas de liga leve são iguais às do T-Cross Highline. Porém, ele não tem os frisos cromados na grade superior, na proteção dos faróis de neblina, nas janelas e no rack de teto.

Volkswagen T-Cross Comfortline
Volkswagen T-Cross Comfortline
Foto: VW / Divulgação

A maior diferença entre o T-Cross Comfortline e o T-Cross Highline está no motor. São 22 cv de diferença a favor do Highline. Os aumentos  da Volkswagen ocorrem num momento ruim para o T-Cross, que acaba de perder a liderança do segmento SUV para o Chevrolet Tracker.

Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade