PUBLICIDADE

BYD Song Pro chega por iniciais R$ 189.800

Híbrido plug-in que pode fazer 22,7 km/l, SUV quer roubar clientes de Toyota Corolla Cross e demais utilitários médios do mercado brasileiro

10 jul 2024 - 14h11
(atualizado às 14h16)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
BYD Song Pro chega por menos R$ 190 mil para roubar a maior quantidade possível de clientes do Toyota Corolla Cross; SUV tem conjunto híbrido capaz de fazer até 22,7 km/litro

Agora é oficial: a BYD apresentou, nesta quarta-feira (10), o Song Pro no Brasil. O SUV chega nos próximos dias com preços entre R$ 189.800 e R$ 199,800, mas vale lembrar que esses valores contêm bônus de R$ 6 mil, oferecidos somente às 3 mil primeiras unidades.

Os preços, portanto, serão de R$ 195.800 e R$ 205.800, respectivamente, a partir da unidade emplacada de número 3.001. E vale dizer que a BYD ainda confirmou que esse modelo (o Pro) será seu primeiro carro nacional, produzido na fábrica que a marca termina de azeitar em Camaçari (a mesma que era da Ford).

O BYD Song Pro, conforme adiantado pelo Terra, é a antiga geração do Song Plus, que foi reestilizada para ser uma opção mais acessível do modelo "Song" por aqui.

São duas versões, assim como no sedã King: a GL, de entrada; e a GS, mais cara. Ambas são equipadas com conjunto híbrido plug-in que une um motor 1.5 aspirado a gasolina, de 98 cv e 12,4 kgf.m, a outrro elétrico, que tem 197 cv e 30,6 kgf.m.

A potência combinada dos conjuntos, porém, muda de acordo com cada versão - afinal cada uma tem capacidade diferente de bateria. Na GL, que tem bateria blade de 12,9 kWh, são 223 cv; na GS, com 18,3 kWh, 235 cv.

O torque máximo é o mesmo nas duas versões: 43 kgf.m.

Isso influencia na arrancada de 0 a 100 km/h, feita em 8,3 segundos no BYD Song Pro GL e em 7,9 s no Song Pro GS. A velocidade final, no entanto, é a mesma nas duas configurações: 185 km/h.

Segundo a marca, o SUV consegue rodar até 68 quilômetros no modo puramente elétrico e tem alcance de 1.100 km no ciclo híbrido combinado. O consumo médio anunciado, oficial, é de 22,7 km/litro.

BYD Song Pro é o mais novo SUV híbrido plug-in do mercado brasileiro - e também o mais barato: ele chega por R$ 189.900
BYD Song Pro é o mais novo SUV híbrido plug-in do mercado brasileiro - e também o mais barato: ele chega por R$ 189.900
Foto: André Deliberato/Terra

Maior que o Song Plus

Como adiantado por aqui, o Song Pro é ligeiramente maior que o Song Plus, porém só no comprimento: o Pro mede 4,74 m, tem 1,86 m de largura e 2,71 m de entre-eixos. O Plus, por sua vez, mede 4,71 m no comprimento e 1,89 m na largura, mas tem 2,77 m de entre-eixos (6 cm a mais).

Por dentro, o novo SUV é bem diferente do que se conhece do Song Plus, apesar de ter a mesma central multimídia giratória - com CarPlay e Android Auto sem fio e GPS integrado - que o irmão mais caro.

O Song Pro GL, de entrada, já vem de série com faróis e lanternas em LED; ar-condicionado com função automática e duas zonas de resfriamento; sistema ADAS nível 1 (que oferece piloto automático do tipo convencional, não o adaptativo, câmeras 360° e seis airbags); chave inteligente, partida do motor por botão e freio de estacionamento eletrônico, além de rodas de liga e abertura elétrica do porta-malas.

Já o Song Pro GS ganha ajustes elétricos para o banco do motorista; filtro de partículas no ar-condicionado e carregador de celular sem fio - além do conjunto mecânico mais forte e com bateria maior.

São apenas três cores disponíveis (branco, cinza e azul), seis anos de garantia para o carro e oito anos de garantia para a bateria Blade, ambos sem limite de quilometragem.

BYD Song Pro, no Brasil, será posicionado acima do sedã King e abaixo do Song Plus, o híbrido mais vendido do país
BYD Song Pro, no Brasil, será posicionado acima do sedã King e abaixo do Song Plus, o híbrido mais vendido do país
Foto: André Deliberato/Terra
André Deliberato André Deliberato, jornalista e engenheiro, atua na área automotiva desde 2008, com passagens pela assessoria de imprensa da Volkswagen e pelas redações da revista Car and Driver, do portal UOL, e Webmotors. Já fez mais de 500 testes e cobriu pouco mais de 20 Salões do Automóveis ao redor do mundo.
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade