PUBLICIDADE

Veja 5 filmes "live action" baseados em anime na Netflix

Animes clássicos ganham versões com atores de carne e osso na plataforma de streaming

1 out 2021 - 12h09
Ver comentários
Foto: Divulgação

Adaptações live action, de animações ou games, com atores reais, costumam ser bem polêmicas, pois dificilmente conseguem adaptar bem a obra original. A Disney parece ter acertado a mão com as as produções baseadas em seus desenhos clássicos, no entanto o universo do anime não tem tido a mesma sorte, com algumas gratas exceções.

A Netflix possui um bom catálogo de animes, que inclusive já exploramos por aqui, e agora a popular  plataforma de streaming também está se aventurando na produção de live actions baseados em animes.

Game On preparou uma lista com cinco live actions de animes famosos que você pode assistir na Netflix, confira abaixo!

Samurai X

Criado nos mangás em 1994 por Nobuhiro Watsuki, Samurai X (ou Rurouni Kenshin, como é mais conhecido no Japão), ganhou uma versão anime em 1996, que foi transmitida no Brasil e fez grande sucesso. O enredo mostra a história de Kenshin Himura nos primeiros anos da Era Meiji (1868-1912) no Japão. Ele agora é um pacato ex-samurai, que prometeu nunca mais matar, já que o seu passado é cheio de sangue e mortes, da época em que era conhecido como o terrível assassino retalhador Hitokiri Battousai. 

Mas foi somente em 2012 que veio a primeira adaptação japonesa live-action, que está disponível na Netflix e que consegue transportar de forma genial e fiel o material original para o mundo real, salvo algumas exceções (sim, estou olhando para você Kanryu Takeda!). 

O negócio foi tão bom que ainda gerou mais quatro sequências igualmente excelentes (de longe as melhores adaptações live action de animes já feitas), infelizmente nem todas elas presentes na Netflix - mas uma delas você pode ver antes do filme de 2012, Samurai X: A Origem, que mostra justamente o passado sangrento do personagem. Há também na plataforma o filme Samurai X: O Final, mas é recomendado assistir antes os outros quatro filmes.

Se você é assinante da Amazon Prime Video, todos os cinco filmes estão presentes por lá.

Death Note

Desde que surgiu em 2003, Death Note se tornou uma obra bastante cultuada tanto no mangá quanto em sua versão anime, que inclusive está disponível completo na Netflix. O enredo mostra a história de Light Yagami, um estudante do ensino médio que encontra um caderno sobrenatural chamado Death Note, no qual pode matar pessoas se os nomes forem escritos nele.

Em 2006 ganhou sua primeira adaptação de produção japonesa, planejada para dois filmes, que não conta de forma tão fascinante a história de Light e seu caderno da morte quanto o mangá ou o anime, mas traz bons momentos para o espectador. No mesmo ano foi lançada a segunda parte, Death Note II: O Último Nome, que continua exatamente da onde o primeiro terminou.

Além destes dois, também consta no catálogo da Netflix o filme japonês Death Note: Iluminando um Novo Mundo, lançado em 2016 e que mostra uma história inédita, que se passa 10 anos após os eventos de Death Note II: O Último Nome e se distancia bastante do material original. 

Por fim, você também encontra na plataforma de streaming o filme de produção norte-americana da própria Netflix, lançado em 2017 e que adapta a história do anime (e que dividiu a opinião dos fãs). Uma sequência desse filme já foi confirmada pela Netflix.

Bleach

Bleach surgiu nos mangás em 2001 e virou anime em 2004 e mostra a história de Ichigo Kurosaki, um jovem estudante que ganha os poderes de uma Ceifeira de Almas, e agora é forçado a assumir o seu dever de guiar as almas ao mundo pós-vida e derrotar os Hollows, monstros espirituais malignos.

Sua versão longa-metragem com atores veio em 2018, e apesar de algumas derrapadas, consegue adaptar pontos importantes do material original de forma coesa para os fãs mais detalhistas, mas também se apresenta de forma simples para que espectadores casuais possam acompanhar.

Além do filme, também está presente na Netflix o anime com cinco temporadas (de um total de 16).

Attack On Titan

Ataque dos Titãs é uma das maiores franquias dos últimos tempos, com o mangá surgindo em 2009 (e encerrado este ano), uma série de anime (transmitida até hoje) e games. Em 2015 estreava o primeiro filme, dividido em duas partes, e que mostra um mundo pós-apocalíptico, onde a humanidade vive dentro de três cidades protegidas por enormes muralhas contra os ataques dos Titãs, seres gigantescos que devoram humanos.

O filme dividiu opiniões e gerou reações mistas no mundo todo, inclusive no Brasil, devido a várias modificações que se afastam do material de origem, mas que pelo menos traz um visual caprichado. 

Também já se encontra disponível na plataforma a segunda parte, Ataques dos Titãs: Fim do Mundo, que continua da onde o primeiro parou, e que também foi bastante criticado pela maioria dos fãs.

Ghost in The Shell

Criado como um mangá em 1989 por Masamune Shirow, Ghost in the Shell se passa em um universo cyberpunk, tendo como protagonista a ciborgue Major Motoko Kusanagi, responsável por combater terroristas e ameaças cibernéticas de alta tecnologia.

Sua primeira adaptação em anime foi o filme de 1995, Ghost in the Shell: O Fantasma do Futuro, baseado nas histórias do mangá e muito bem recebido pela crítica e público. Esse longa animado, que até foi uma das inspirações para o primeiro Matrix de 1999, está disponível na Netflix, assim como a recente série de computação gráfica Ghost in the Shell: SAC 2045 (essa já não teve uma boa recepção do público).

Em 2017 foi lançada a primeira adaptação live-action de produção hollywoodiana, A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell, tendo como protagonista a musa geek Scarlett Johansson, o que na época causou uma grande polêmica, por ela não ser asiática como a personagem original.

Mas deixando a polêmica de lado, o filme consegue sim ser uma boa adaptação com um visual incrível, recheado de cenas memoráveis e homenagens aos mangás/animes. Vale uma conferida.

Para ficar de olho

As aventuras dos caçadores de recompensa do cultuado Cowboy Bebop estão chegando na Netflix em 19 de novembro com uma série live action, e se a produção for como a abertura recentemente divulgada (vídeo acima), o negócio promete ser bem fiel ao material de origem. 

Outra adaptação é o filme de Os Cavaleiros do Zodíaco, uma produção da Sony Pictures com a Toei Animation com elenco hollywoodiano, o que tem despertado vários tipos de medo nos fãs, com a promessa de uma nova bomba do nível de Dragon Ball Evolution (2009). O filme ainda não tem data de estreia, mas deve ocorrer em 2022.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade