PUBLICIDADE

Square Enix quer diminuir e diversificar seus jogos

Takashi Kiryu falou sobre os planos de médio e longo prazo da desenvolvedora e publicadora japonesa

19 jan 2024 - 17h52
Compartilhar
Exibir comentários
Takashi Kiryu quer que Square Enix diminua e diversifique seus jogos
Takashi Kiryu quer que Square Enix diminua e diversifique seus jogos
Foto: Reprodução

Takashi Kiryu, presidente da Square Enix, disse que a empresa precisa lançar uma quantidade menor e mais diversificada de jogos. O comentário foi feito em uma sessão de perguntas e respostas com investidores, realizada em novembro, e foi publicado somente agora. 

Kiryu falou a respeito do plano de negócios de médio prazo da Square Enix e também sobre a "limitada diversidade do portfólio de títulos". 

"Como possuímos IPs (propriedades intelectuais) robustas, como as franquias Dragon Quest e Final Fantasy, acredito que passamos a depender excessivamente de certos estilos ou gêneros de jogo", explicou. "Enquanto isso, as preferências dos clientes no mercado de jogos se diversificaram e eles passaram a desfrutar de diversos gêneros". 

O executivo citou o sucesso de jogos de menor porte, como PowerWash Simulator, como prova de que a empresa pode e precisa diversificar: “Quero aumentar nossa proficiência em desenvolvimento, fortalecendo as nossas capacidades de desenvolvimento interno para que possamos alcançar uma maior diversidade no nosso portfólio de títulos”.

Além disso, Kiryu acredita que a Square Enix precisa focar em menos jogos. Ou seja, prezar pela qualidade, e não pela quantidade.

"A longo prazo, precisamos fortalecer a porção interna da nossa função de desenvolvimento. Mais especificamente, quero dizer que queremos concentrar nossos recursos de desenvolvimento em novos títulos cuidadosamente selecionados, que iremos desenvolver com um nível de qualidade elevado. Ao mesmo tempo, em vez de focarmos apenas em títulos importantes, queremos assumir novos desafios, em parte porque queremos aumentar a diversidade do nosso portfólio, como citei anteriormente, e, ao mesmo tempo, permitir que nossos desenvolvedores expandam suas habilidades".

Ainda sobre diminuir a quantidade de jogos lançados, Kiryu complementou: “À medida que as necessidades de nossos clientes e os tipos de dispositivos disponíveis se diversificaram, tentamos obter sucesso desenvolvendo uma grande variedade de títulos ao invés de focar apenas em alguns. Acredito que isto resultou na fragmentação de nossos recursos”.

“O mercado está cada vez mais polarizado entre jogos de grande porte e jogos independentes, mas sinto que desenvolvemos muitos títulos que ficam em algum lugar no meio disso. Quero fazer distinções mais claras daqui para frente”, finalizou.

Kiryu provavelmente está se referindo a jogos de orçamento médio, como Star Ocean: The Divine Force, Valkyrie Elysium, DioField Chronicle, Harvestella e Crisis Core Final Fantasy VII Reunion, por exemplo, que foram lançados em sequência, o que se mostrou demais tanto para a Square Enix quanto para os consumidores.

Curiosamente, a Square Enix vendeu seus estúdios ocidentais para o Embracer Group. Estúdios que poderiam fornecer a diversidade desejada por Takashi Kiryu.

Quer conhecer outros jogadores, saber das últimas novidades dos games e ter acesso a brindes e campeonatos? Participe do nosso Discord!

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Publicidade