PUBLICIDADE

King Arthur: Legion IX traz legionários da morte em combate simples

Novo jogo da série King Arthur traz legionários mortos-vivos para as terras mágicas de Avalon

9 mai 2024 - 16h55
(atualizado às 16h56)
Compartilhar
Exibir comentários
Legionários da Morte invadem as terras de Avalon
Legionários da Morte invadem as terras de Avalon
Foto: King Arthur: Legion IX / Reprodução

Seja sincero: quantas vezes você pensa no Império Romano? Existe algo sobre este período histórico que chama a atenção de muitas pessoas até hoje, visto que frequentemente somos agraciados com jogos e filmes baseados nos imperadores e cultos da época.

Este é o caso de King Arthur: Legion IX. Mas, invés de seguir a história verdadeira, Legion IX coloca o jogador no comando de Gaius Julius Mento, um morto-vivo descendente do próprio Julio Cesar, e membro prominente de uma das casas mais poderosas da Antiga Roma.

Liderança de um morto-vivo

Em um mundo assombrado pelos mortos, sua liderança deve ser baseada em dois aspectos morais: abraçar o lado demoníaco, ou entrar em contato com a sua humanidade perdida. Legion IX é um spinoff de King Arthur: Knight’s Tale, e assim como o jogo original, o novo título se aprofunda nas mitologias romanas que eram predominantes para a cultura no passado.

Gaius Julius Mento é um tribuno da Nona Legião, uma força romana lançada para o inferno diante de uma poderosa maldição. Anos depois, Gaius e alguns de seus homens descobriram uma saída do inferno, que o levaram para a terra mágica de Avalon. Lá, eles encontram uma cidade chamada Nova Roma, e auxiliados por escravos romanos, a legião decide construir um novo lar.

Preciso já deixar claro que o jogo não tem a melhor narrativa do mundo, mesmo que o conceito seja muito legal. O roteiro e o trabalho dos atores (que tenho convicção de serem vozes criadas pela inteligência artificial) podem atrapalhar a experiência do jogo, principalmente para aqueles que querem uma boa história de fantasia.

Jogabilidade e combate

Entre missões, o jogador pode tomar decisões que afetam não só o próprio Gaius, como também todo o mundo ao redor de Nova Roma. Decisões malignas como matar todos os civis que verem pela frente, ou decisões humanitárias como acolher romanos perdidos, acabam afetando o espírito de Gaius, que concede diversos bônus para o jogador.

Dependendo das suas escolhas, você começará a ter discussões com seus parceiros dentro da legião. Dependendo da sua relação com alguns personagens, eles poderão se recusar a participar de missões, além de não obedecer às suas ordens no meio da batalha.

Além disso, Gaius também pode reservar recursos para a construção de Nova Roma. Ao reconstruir a cidade, o jogador também ganha alguns bônus adicionais nas missões, a possibilidade de melhorar equipamentos, e muito mais.

O combate é simples, mas funciona bem. Se eu fosse comparar com o combate de algum outro jogo, seria provavelmente com o combate da série XCOM. Basicamente, cada personagem tem uma quantidade de pontos de habilidades que podem ser usadas no seu respectivo turno, mas são consumidas a partir do momento que você se mova ou ataque.

Por isso, o jogador precisa planejar se vale a pena se mover para alguma proteção, ou arriscar e gastar pontos para atacar um inimigo. Apesar de ser por turnos, o combate de Legion IX é bem rápido, podendo ainda ser acelerado ao apertar a barra de espaço, criando uma alternativa perfeita para quem não tem muita paciência e quer partir logo para a ação.

Algo importante e bem legal de notar é que, por ter uma equipe composta inteiramente por demônios, você não precisa se preocupar em perder algum membro de forma permanente. Caso um aliado morra no combate, ele será revivido automaticamente assim que os inimigos restantes forem mortos.

Conclusão

King Arthur: Legion IX - Nota 7
King Arthur: Legion IX - Nota 7
Foto: Game On / Divulgação

King Arthur: Legion IX tem um combate divertido o suficiente para agradar fãs de RPGS e estratégia, mas sua narrativa é fraca demais. Se você tiver disposto a ignorar uma dublagem irritante e um roteiro besta, então o jogo é para você! Tem muita diversão para ser encontrada nessa versão bastante original do reino de Avalon.

King Arthur: Legion IX está disponível no PC via Steam.

*Esta análise foi feita no PC, com uma cópia do jogo gentilmente cedida pela Neocore Games.

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Publicidade