PUBLICIDADE

Jogamos: Payday 3 apresenta novas mecânicas para o tiroteio cooperativo

Cultuada franquia de assalto à banco e ação cooperativa, Payday retorna em setembro para PC e consoles de nova geração

26 jun 2023 - 11h02
(atualizado em 28/6/2023 às 13h31)
Compartilhar
Exibir comentários
Jogamos: Payday 3 é game de tiro cooperativo eletrizante:

O jogo de tiro cooperativo Payday 3, desenvolvido pela Starbreeze Studios, foi revelado oficialmente durante a Summer Game Fest, com um trailer lotado de ação que já é marca registrada da franquia e que deixou os fãs bastante empolgados.

Quer conhecer outros jogadores, saber das últimas novidades dos games e ter acesso a brindes e campeonatos? Participe do nosso Discord!

O Game On teve a oportunidade de testar o jogo antecipadamente, e já posso adiantar: Payday 3 tem tudo para ser um grande sucesso.

Sucesso inesperado

A fórmula de Payday é bem direta: trata-se de um jogo de tiro cooperativo em que até quatro jogadores controlam assaltantes que precisam roubar bancos e outras locações e escapar com vida, levando a maior quantidade de dinheiro possível com eles. Essas missões sempre envolveno tiroteios frenéticos e intensos com as forças policiais.

A franquia existe há mais de uma década, mas só encontrou sucesso alguns anos depois do lançamento de seu segundo jogo. Payday 2 era um jogo relativamente datado, amarrado por um motor gráfico que não permitia a exploração de muitas novas ideias, mas ainda assim conseguiu manter sua player-base unida graças a conteúdos regulares e crossovers com grandes franquias como John Wick.

Assaltantes mascarados de Payday retornam para mais alguns golpes em setembro
Assaltantes mascarados de Payday retornam para mais alguns golpes em setembro
Foto: Plaion / Divulgação

Payday 3, que está sendo desenvolvido em uma era onde a franquia já é estabelecida como um dos melhores jogos de tiro cooperativos do mercado, está chegando com uma filosofia diferente. Nas palavras de Almir Listo, produtor e gerente de marketing da Starbreeze Studios, “ninguém imaginava que Payday 2 continuaria fazendo tanto sucesso anos após o seu lançamento”.

Sabendo da longevidade dos seus jogos, a Starbreeze vai lançar Payday 3 com o motor gráfico Unreal Engine 4, onde sua produção foi iniciada, mas já planeja a transição para a versão mais recente, a Unreal Engine 5, após o lançamento, para dar suporte para o game por muitos anos. É uma transição similar à que aconteceu com Fortnite, da Epic Games.

Jogabilidade refinada

Na sessão de testes, participei de duas missões diferentes. O primeiro se passa em um banco tradicional, onde minha equipe precisava invadir um cofre por cima, por meio de um buraco.

Sempre bem executada, fórmula de 'polícia e ladrão' de Payday 3 é certeza de sucesso
Sempre bem executada, fórmula de 'polícia e ladrão' de Payday 3 é certeza de sucesso
Foto: Plaion / Divulgação

Para isso, a equipe precisa trabalhar em conjunto, ativando uma “bomba de termita” no chão e protegendo-a de ondas policiais. É uma missão bem clássica, mas perfeita para demonstrar todas as mudanças de Payday 3. Um novo sistema de classe permite mais liberdade para os jogadores encontrar a sua forma favorita de jogar, incluindo novas armas, acessórios e muita customização. 

Além disso, o jogo estreou um sistema de ping, bem conhecido em jogos battle royale, que auxilia na comunicação entre jogadores sem a necessidade de um headset. Todos esses sistemas estão presentes logo de cara para os jogadores nesta primeira missão, e funcionam muito bem. Porém, em minha opinião, o novo jogo brilha na segunda missão disponível.

A segunda missão é um pouquinho diferente, e é possível entender os novos conceitos do jogo de uma maneira mais coesa. Em uma galeria de arte, sua equipe precisa invadir e roubar peças preciosas que estão espalhadas de forma aleatória pelo prédio. Essa missão tem muitas fases diferentes, e a comunicação se torna primordial para obter sucesso. 

Enquanto uma pessoa utiliza um alicate especial para cortar vidros e abrir caminho dentro da galeria, outro jogador precisa invadir o escritório do gerente para indicar quais são as peças que o cliente marcou para o roubo. Os outros jogadores que restaram precisam encontrar tais peças, invadir o sistema, e entregar para um helicóptero que pode ser chamado a qualquer momento. 

Tiroteio intenso é marca registada da franquia de ação cooperativa da Starbreeze
Tiroteio intenso é marca registada da franquia de ação cooperativa da Starbreeze
Foto: Payday 3 / Reprodução

Segundo os desenvolvedores, essa missão é perfeita para os jogadores que preferem uma aproximação mais “stealth”, e o jogo oferece muitos recursos que possibilitam essa jogatina. É possível acoplar silenciador em suas armas, ativar equipamentos que desativam câmeras de segurança, e também abrir portas e fechaduras sem a necessidade de equipar a máscara, mas é necessário tomar cuidado com os guardas, que estão equipados com uma nova inteligência artificial.

Os guardas podem reagir de formas diferentes, dentro e fora do combate. Durante a fase preparatória do roubo, se um guarda te pegar em um lugar restrito, ele pode te escoltar para fora da propriedade ou te prender, além de entrar em um estado de alerta, onde vai começar a caçar os outros jogadores. Já no combate, os inimigos estão mais inteligentes do que nunca, e vão se aproveitar da sua ingenuidade para atacar com toda a força e brutalidade policial que o governo americano pode oferecer. 

Visuais e realismo se destacam

Cenas dos crimes estão mais realistas e elaboradas em Payday 3
Cenas dos crimes estão mais realistas e elaboradas em Payday 3
Foto: Plaion / Divulgação

Os visuais de Payday 3 se destacam, muito por conta do uso da Unreal Engine 4. Os locais de roubo estão mais realistas com texturas e iluminação de alta qualidade, tudo acontecendo em tempo real.

Além disso, os NPCs, que antes serviam apenas como uma moeda de troca no início de um roubo, agora podem reagir aos seus movimentos e ações. Enquanto me preparava para entrar no banco, passei ao lado de um personagem que acabou esbarrando contra o meu corpo. Então, ele me olhou, xingou, e continuou andando, sem saber que eu carrego um arsenal de guerra por baixo da roupa. Eu achei que essa pequena interação ajudou a solidificar a fantasia de “assaltante de banco americano” que o jogo tenta entregar.

Eu questionei se existem planos para incluir tecnologias como Ray Tracing e DLSS no lançamento, e apenas disseram que o jogo vai estar em constante evolução, além de existir planos para um dia levar o jogo para a nova Unreal Engine 5. 

Considerações 

Prepare-se para se divertir com os amigos nas missões frenéticas de Payday 3
Prepare-se para se divertir com os amigos nas missões frenéticas de Payday 3
Foto: Plaion / Divulgação

Payday 3 promete ser um verdadeiro salto da franquia, tanto em mecânicas quanto em seus visuais. Eu não consegui testar tudo que eu gostaria, mas pelo o pouco que joguei, deu para perceber que o jogo está sendo feito por uma equipe apaixonada, e que respeitam o seu público. 

Um ponto que os apresentadores gostavam de repetir era que a satisfação da sua player-base vem em primeiro lugar, e é claro que muitas decisões feitas durante o desenvolvimento veio após vários feedbacks dos membros da comunidade. Eu gostei muito do que vi em minha sessão, e imagino que os fãs vão ter um prato cheio quando o jogo for lançado setembro deste ano. 

Payday 3 chega em 21 de setembro para PC, PlayStation 5 e Xbox Series X/S.

*Este preview foi feito no PC, com uma versão de testes gentilmente cedida pela Plaion.

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Publicidade