PUBLICIDADE

Natália lesiona dedo em treino e desfalca seleção no início da Liga das Nações

Brasil estreará na competição em 25 de maio, diante do Canadá, sem a ponteira

7 mai 2021 12h54
ver comentários
Publicidade

Um lance de treinamento gerou um desfalque para a seleção brasileira feminina de vôlei. Durante uma atividade de quadra no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), onde a equipe segue em preparação, a ponteira Natália acabou lesionada no quinto dedo da mão esquerda e foi confirmado nesta sexta-feira que ela estará fora dos primeiros jogos da Liga das Nações, na Itália.

A jogadora, no entanto, irá viajar normalmente e reforçar o grupo provavelmente a partir da segunda semana de competição. Segundo o médico da seleção feminina, Julio Nardelli, a probabilidade é que a atleta volte aos treinamentos em duas semanas - sem fazer trabalho de bloqueio.

Natália, ponteira da seleção feminina brasileira de vôlei
Natália, ponteira da seleção feminina brasileira de vôlei
Foto: Divulgação / FIVB / Estadão

"A Natália está sendo avaliada para um provável procedimento cirúrgico para correção de uma fratura do quinto dedo da mão esquerda. Temos uma previsão de que em duas semanas ela esteja de volta aos treinamentos para uma manutenção do trabalho físico e técnico que já vinha sendo feito com ela", disse Julio Nardelli.

A seleção feminina estreia na Liga das Nações daqui a 18 dias. Brasil e Canadá se enfrentam no próximo dia 25, às 16 horas (de Brasília).

A Liga das Nações será realizada em sistema de bolha anunciada pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB, na sigla em inglês), na cidade de Rimini, na Itália, em ambos os naipes. A competição acontecerá entre os dias 25 deste mês e 27 de junho. O objetivo da entidade máxima do vôlei é permitir que as equipes joguem as partidas em total segurança durante todo o período do evento.

Estadão
Publicidade
Publicidade