PUBLICIDADE

Tênis

Federer reage contra Murray, deslancha e fica perto da semi

24 nov 2009 - 21h00
(atualizado em 25/11/2009 às 13h29)
Compartilhar

Diante de um de seus poucos carrascos no circuito profissional, o suíço Roger Federer mostrou poder de reação na noite desta terça-feira para sair de uma situação adversa no jogo e ficar próximo de se garantir na semifinal do ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores tenistas do ano em Londres. Na segunda rodada, o número 1 do mundo saiu atrás do escocês Andy Murray, mas triunfou com 3/6, 6/3 e 6/1, em uma hora e 57 minutos de disputa.

» Veja fotos da partida

» Del Potro vence Verdasco e mantém chances no ATP Finals

Além de conhecer a segunda vitória na competição que encerra a temporada e ficar próximo de marcar presença em mais uma semifinal, o líder do ranking caminha para confirmar a posição e fechar 2009 no topo.

No entanto, antes de se garantir na próxima etapa, terá pela frente outro carrasco recente: sua última partida no Grupo A é contra o argentino Juan Martin Del Potro, algoz na decisão do Aberto dos Estados Unidos e responsável pelo fim da hegemonia do suíço. Já Murray, por sua vez, tem encontro marcado com o espanhol Fernando Verdasco.

Nesta terça, Federer conseguiu vencer um dos poucos tenistas que leva vantagem no retrospecto contra o melhor do mundo. Só neste ano, antes do encontro em Londres, o britânico conheceu dois triunfos (Indian Wells e Doha) e foi batido uma vez (Cincinnati). Já ao longo da história, computada a partida no ATP Finals, são seis vitórias de Murray e agora quatro do suíço.

O primeiro set começou bem disputado. Logo nos primeiros games, os dois tenistas tiveram seus serviços quebrados. Murray, jogando com mais calma, conseguiu vencer o saque de Federer novamente no sexto game, abrindo 4/2 na primeira parcial. Em seguida, continuou firme no set para fechar sem maiores dificuldades.

No segundo set, o jogo mudou de dinâmica. Foi a vez de Federer mostrar mais segurança nas trocas de bolas longas e, com mais agressividade, conseguir uma quebra de saque decisiva para empatar o jogo e levar a disputa para o terceiro set. Na segunda parcial, o suíço venceu 94% dos pontos que disputou com o primeiro saque em quadra.

No terceiro set, Federer manteve o bom ritmo de jogo e quebrou o serviço de Federer logo no primeiro game de saque do britânico. Com mais confiança, o número 1 do mundo ainda conseguiu vencer o saque de Murray em mais duas oportunidades e confirmou seu segundo triunfo no torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada.

Com informações da Gazeta Press.

De virada, Federer bate Murray e fica perto da semi:
Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra