3 eventos ao vivo

Clezar e Wild são eliminados na estreia do Challenger de Montevidéu

6 nov 2018
19h52
atualizado às 19h52
  • separator
  • comentários

O dia dos brasileiros no Challenger de Montevidéu, no Uruguai, não foi dos melhores. O primeiro a entrar em quadra foi Thiago Wild, convidado do torneio. O jovem tenistas de 18 anos deu trabalho, mas acabou sendo derrotado pelo búlgaro Dimitar Kuzmanov por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 4/6 e 6/2, após 2h03 de confronto.

Na última atualização do ranking, Wild aparece na 436ª posição e busca sua melhor marca da carreira, o 406º lugar, alcançada no dia 15 de outubro deste ano. O campeão juvenil do Aberto dos Estados Unidos, porém, ainda pode perder posições em novembro.

O segundo que entrou em ação nesta terça-feira foi Guilherme Clezar. Com atuação muito abaixo, ele não apresentou dificuldades para o adversário português Pedro Sousa e sofreu o revés tendo confirmado apenas dois saques. Resultado final: 2 sets a 0, 6/1 e 6/2 em 1h07.

Clezar defendia oito pontos no ranking nesta semana e ainda tem mais 15 a descontar no fim do mês. O gaúcho, perde, assim, a chance de se aproximar de sua melhor marca, a 153ª colocação, alcançada em agosto de 2015.

Na última segunda-feira, Thomaz Bellucci foi o primeiro brasileiro a entrar em ação na capital uruguaia e também foi eliminado ainda na estreia.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade