6 eventos ao vivo

Brasileiros estacionam no ranking da ATP; Bia, Cé e Teliana caem na WTA

Confira a atualização do ranking no masculino e feminino

20 jan 2020
12h08
  • separator
  • 0
  • comentários

O ranking do tênis atualizado nesta segunda-feira, pouco antes do início do Aberto da Austrália, trouxe os brasileiros estacionados na lista da ATP e as brasileiras em ligeira queda, na WTA. Thiago Monteiro segue como o tenista mais bem ranqueado do País, com estreia nesta terça-feira no Grand Slam disputado em Melbourne.

Ele sustentou a 86ª posição após ir bem no Torneio de Auckland, na semana passada. Furou o qualifying e foi eliminado na segunda rodada da chave principal. Na Austrália, estreará contra o norte-americano John Isner, conhecido pelo potente saque. Se vencer, o brasileiro poderá conquistar importantes posições no ranking.

Thiago Monteiro, tenista brasileiro
Thiago Monteiro, tenista brasileiro
Foto: Fotojump/Divulgação / Estadão

Após Monteiro, os brasileiros mais bem ranqueados são João Menezes, atual campeão pan-americano, e Thiago Wild. Menezes é o 187º, apenas uma posição acima da sua melhor na carreira, enquanto Wild aparece na 205ª, seu melhor lugar na lista da ATP. Eles também mantiveram as posições em relação à atualização anterior.

No feminino, Beatriz Haddad Maia, Gabriela Cé e Teliana Pereira perderam posições. Bia, ainda suspensa provisoriamente por doping, perdeu um posto e agora figura em 123º. Cé caiu quatro posições, para o 234º posto. E Teliana perdeu uma colocação: 374º.

Entre os principais tenistas do circuito, não houve mudanças no Top 10 do masculino. O espanhol Rafael Nadal segue na ponta, seguido de perto pelo sérvio Novak Djokovic. Apenas 515 pontos separam os dois tenistas. E o suíço Roger Federer, mais distante, aparece na terceira colocação.

A primeira mudança aconteceu somente na 16ª posição, com o russo Andrey Rublev subindo duas colocações. Como de costume, os principais tenistas costumam evitar os torneios na semana anterior aos Grand Slams.

O mesmo aconteceu no feminino. A única exceção dentro do Top 10 foi a troca de posições entre a romena Simona Halep, agora terceira colocada, e a japonesa Naomi Osaka, aparecendo no quarto posto. Halep competiu em Adelaide na semana passada, enquanto Osaka ficou de fora das competições, em preparação para competir em Melbourne.

Confira a lista dos 20 primeiros colocados da ATP:

1º - Rafael Nadal (ESP), 10.235 pontos

2º - Novak Djokovic (SER), 9.720

3º - Roger Federer (SUI), 6.590

4º - Daniil Medvedev (RUS), 5.960

5º - Dominic Thiem (AUT), 5.890

6º - Stefanos Tsitsipas (GRE), 5.375

7º - Alexander Zverev (ALE), 3.345

8º - Matteo Berrettini (ITA), 2.870

9º - Roberto Bautista Agut (ESP), 2.630

10º - Gael Monfils (FRA), 2.565

11º - David Goffin (BEL), 2.555

12º - Fabio Fognini (ITA), 2.310

13º - Denis Shapovalov (CAN), 2.200

14º - Diego Schwartzman (ARG), 2.130

15º - Stan Wawrinka (SUI), 2.045

16º - Andrey Rublev (RUS), 2.004

17º - Karen Khachanov (RUS), 1.995

18º - Kei Nishikori (JAP), 1.930

19º - John Isner (EUA), 1.860

20º - Grigor Dimitrov (BUL), 1.772

86º - Thiago Monteiro (BRA), 640

187º - João Menezes (BRA), 268

205º - Thiago Wild (BRA), 235

Confira a lista das 20 melhores da WTA:

1º - Ashleigh Barty (AUS), 8.017 pontos

2º - Karolina Pliskova (AUS), 5.940

3º - Simona Halep (AUS), 5.561

4º - Naomi Osaka (AUS), 5.496

5º - Elina Svitolina (AUS), 5.075

6º - Bianca Andreescu (AUS), 4.935

7º - Belinda Bencic (AUS), 4.675

8º - Petra Kvitova (AUS), 4.436

9º - Serena Williams (AUS), 4.215

10º - Kiki Bertens (AUS), 4.165

11º - Madison Keys (AUS), 3.072

12º - Aryna Sabalenka (AUS), 3.025

13º - Johanna Konta (AUS), 2.813

14º - Petra Martic (AUS), 2.646

15º - Sofia Kenin (AUS), 2.565

16º - Marketa Vondrousova (AUS), 2.490

17º - Elise Mertens (AUS), 2.250

18º - Angelique Kerber (AUS), 2.175

19º - Alison Riske (AUS), 2.130

20º - Donna Vekic (AUS), 2.120

123º - Beatriz Haddad Maia (BRA), 524

234º - Gabriela Cé (BRA), 257

374º - Teliana Pereira (BRA), 125

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade