PUBLICIDADE

Lesão de Djokovic requer repouso, mas não afeta ligamentos

9 abr 2013 12h44
| atualizado às 14h36
ver comentários
Publicidade
<p>Les&atilde;o de Djokovic n&atilde;o &eacute; t&atilde;o grave quanto se temia</p>
Lesão de Djokovic não é tão grave quanto se temia
Foto: AP

Principal jogador da Sérvia na Copa Davis, Novak Djokovic assustou sua equipe após torcer o tornozelo logo no terceiro game da partida contra o americano Sam Querrey, no domingo. Mesmo com a lesão, o número 1 do mundo continuou no jogo e garantiu a classificação de seu país à semifinal da competição. Nesta terça, ele passou por exames e, embora possa ficar de fora de alguns jogos, as principais preocupações já foram descartadas.

"Djokovic passou por uma ressonância magnética que revelou não haver dano estrutural tanto na articulação como nos ligamentos. A torção vai requerer bastante repouso nos próximos dias e sessões de fisioterapia. Dependendo da recuperação, vamos decidir se 'Nole' vai poder participar do torneio em Monte Carlo", informou um comunicado publicado no site oficial do atleta.

O Masters 1000 de Monte Carlo tem início na próxima segunda-feira e é importante para Djokovic já que ele defenderá 600 pontos da campanha do ano passado, quando foi vice-campeão. No entanto, caso não participe, o sérvio não tem a primeira colocação do ranking mundial ameaçada já que tem uma grande vantagem para Andy Murray, atual segundo colocado.

Mesmo assim, o tenista já comentou a vontade de poder jogar a competição e agradeceu as mensagens de apoio dos fãs. "Depois de ver os resultados dos exames que eu fiz, me sinto forte e otimista. Vou fazer o melhor possível com meu time para poder disputar o próximo torneio. Fico agradecido de possuir tanto apoio de vocês, que têm se preocupado comigo e me mandado palavras de apoio. Muito obrigado!", afirmou Djokovic nas redes sociais.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade