PUBLICIDADE

Surfe

WSL: Medina e Chumbinho se enfrentam nas quartas da etapa de El Salvador; Yago também está vivo

Gabriel sobreviveu a uma bateria emocionante

7 jun 2024 - 21h30
(atualizado às 21h30)
Compartilhar
Exibir comentários
Medina em ação na WSL.
Medina em ação na WSL.
Foto: Aaron Hughes / WSL / Esporte News Mundo

A WSL deu continuidade à sétima etapa da temporada nesta sexta-feira (7), com a repescagem e oitavas de final masculina. O segundo dia de competições em Punta Roca, El Salvador, foi de boas ondas, show de surfe e eliminações surpreendentes. Gabriel Medina venceu nas oitavas, contou com uma combinação de resultados para subir no ranking e agora enfrenta João Chianca, o Chumbinho, na próxima fase. Yago Dora teve atuação fantástica e dominou sua bateria.

As disputas foram iniciadas na repescagem pelo confronto entre o local Bryan Perez e o campeão olímpico e mundial Italo Ferreira. Conhedor do pico, Perez não deu chances ao brasileiro, aplicou um aéreo incrível e eliminou o vencedor da etapa anterior da WSL. Com o resultado, Italo deve perder momentaneamente seu posto de quinto lugar no ranking e, por consequência, um lugar no finals.

O dia foi excelente para as pretensões de Medina na temporada. Kanoa Igarashi, Cole Houshmand e Barron Mamyia caíram cedo no torneio e abriram caminho para a escalada do brasileiro. O último surfista citado foi derrotado por João Chianca que, de volta ao cenário competitivo da WSL, teve um ótimo desempenho na bateria.

Confira os resultados da repescagem:

  1. Bryan Perez 15.33 x Italo Ferreira 12.40
  2. Leonardo Fioravanti 13.00 x Ramzi Boukhiam 11.57
  3. João Chianca 13.50 x Barron Mamiya 10.50
  4. Rio Waida 13.84 x Seth Moniz 11.93
  5. Cole Houshmand 12.57 x Connor O`Leary 14.50 
  6. Crosby Colapinto 14.00 x Imaikalani DeVault 9.33
  7. Kanoa igarashi 13.93 x Matthew McGillivray 13.96
  8. Ryan Callinan 14.27 x Liam O`Brien 11.23

Depois de uma pausa de cerca de duas horas, a WSL deu sinal verde e a competição voltou com a fase de oitavas de final. Na primeira bateria, Chumbinho superou Griffin Colapinto depois que o americano cometeu uma interferência bizarra logo no início da bateria. Com essa situação inusitada, ele perdeu metade dos pontos de sua segunda nota e acabou derrotado.

Logo depois, Gabriel Medina entrou em ação e participou de uma bateria emocionante contra o australiano Ryan Callinan. Os dois atletas deram show de surfe, viraram o confronto mais de uma vez e o resultado foi definido nos últimos segundos. Ao final, Medina conseguiu uma nota 7.67 e, somado a um 8.50, saiu vitorioso.

O último brasileiro a participar da fase de 16 melhores foi Yago Dora. Com um somatório fantástico, ele conseguiu duas notas acima dos 8 pontos e superou o americano Jake Marshall. O surfista estrangeiro ficou em combinação e não teve chances de avançar de fase na etapa da WSL.

Confira os resultados das oitavas de final:

  1. Griffin Colapinto 13.48 x João Chianca 14.50
  2. Gabriel Medina 16.17 x Ryan Callinan 15.00 
  3. Jack Robinson 14.33 x Connor O`Leary 11.43
  4. Jake Marshall 10.93 x Yago Dora 16.50
  5. John John Florence 13.26 x Bryan Perez 13.00
  6. Rio Waida 9.00 x Crosby Colapinto 16.67
  7. Ethan Ewing 13.76 x Matthew McGillivray 16.40
  8. Jordy Smith 12.74 x Leonardo Fioravanti 9.36
Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade