PUBLICIDADE

Sul-africana revela quase ter mostrado vagina para provar sexualidade para competir

Bicampeã olímpica, Caster Semenya possui distúrbio que produz testosterona em excesso

26 mai 2022 14h00
ver comentários
Publicidade

A atleta olímpica Caster Semenya, de 31 anos, revelou que quase mostrou a vagina para provar sexualidade para competir. Em entrevista ao 'HBO's Real Sport', a sul-africana relembrou o episódio de quando tinha 18 anos envolvendo chefes da Confederação Internacional de Atletismo.

Sul-africana Caster Semenya revelou quase ter mostrado vagina para provar sexualidade (Foto: KARIM JAAFAR/AFP)
Sul-africana Caster Semenya revelou quase ter mostrado vagina para provar sexualidade (Foto: KARIM JAAFAR/AFP)
Foto: Lance!

- Eles pensaram que eu tinha um p**, provavelmente. Eu disse a eles: "Está tudo bem. Eu sou mulher, não me importo. Se você quiser ver que eu sou uma mulher, eu vou te mostrar minha vagina. Tudo bem? - contou a sul-africana, que é bicampeã olímpica.

Posteriormente, Semenya foi submetida a testes que comprovaram que ela possui Hiperandrogenismo, distúrbio que produz testosterona em excesso no organismo. Por determinação da World Athletics, a sul-africana precisou tomar medicamentos para baixar os níveis do hormônio a partir de 2011.

- Isso me deixou doente, me fez ganhar peso, ataques de pânico, não sei se algum dia teria um ataque cardíaco. É como se esfaquear com uma faca todos os dias. Mas eu não tive escolha. Tinha 18 anos, queria correr, queria chegar às Olimpíadas, essa era a única opção para mim - comentou.

Lance!
Publicidade
Publicidade