PUBLICIDADE
Logo do São Paulo

São Paulo

Favoritar Time

Saiba por que o São Paulo aceitou reintegrar James Rodríguez

Comportamento e 'tamanho' do meia foram pontos essenciais

21 fev 2024 - 07h03
(atualizado às 07h42)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Lance!

A novela envolvendo James Rodríguez e São Paulo chegou a um final feliz para as duas partes. O colombiano repensou sua decisão de deixar o clube e decidiu permanecer no Tricolor.

A sequência do meia no Tricolor agradou Muricy Ramalho, que atualmente atua como Coordenador de Futebol do São Paulo. Em entrevista ao canal Arnaldo e Tironi, no YouTube, o dirigente explicou os motivos que fizeram com que a polêmica tivesse um desfecho positivo.

"(O clima) Não ficou bom quando ele não foi para Belo Horizonte (na final da Supercopa). Ficamos sentidos, mas ele pediu desculpas. É importante. Ele quer jogar no São Paulo. Como ele nunca se afastou dos treinamentos, nunca criou caso, sempre cumpriu os horários, é muito gente boa com os companheiros e com a gente, nós entendemos o pedido de desculpas."

O ídolo do São Paulo comentou que sempre teve o desejo pessoal pela reintegração de James Rodríguez, mas que a decisão estava nas mãos da comissão técnica. E o colombiano teve uma conversa pessoal com Thiago Carpini que foi chave.

"Não dá para deixar de lado um craque como esse. Essa sempre foi minha opinião no São Paulo. Quem decide sempre são os técnicos. Mas eu tenho que dar a minha opinião. Ele conversou com o treinador, pediu desculpas. Eles se entenderam. Se nesse tempo ele estivesse se portando mal no dia a dia, cometido algum ato de indisciplina, não treinasse com vontade, não cumprisse horários, aí não teria chance nenhuma de resolver o assunto. Como foi um pedido dele e, por ele ter se portado muito bem no período que ficou fora do time, a gente aceitou."

Contratado em julho do ano passado ao lado de Lucas Moura, o meia não conseguiu se firmar no Tricolor. Em apenas 14 partidas disputadas, o atleta marcou um gol e contribuiu com três assistências até o momento.

Mas com contrato até junho de 2025 e reintegrado, James Rodríguez pode ser inscrito para a próxima e decisiva fase do Paulistão. Além disso, Muricy Ramalho lembrou da importância de ter um jogador respeitado no continente para a disputa da Libertadores.

"Temos que analisar o todo. Ele é um jogador respeitado na América do Sul. Quando você vai jogar com um adversário e é citado o nome de um grande jogador, as pessoas se impressionam, isso preocupa adversário, a gente fica mais forte. Então, o James vai ser importante na reta final do Paulista e também na Libertadores porque está acostumado a jogar em todos os lugares e bem. A gente viu nas Eliminatórias ele jogando bem em todos esses estádios."

Reintegrado, James Rodríguez buscará um espaço na equipe titular do São Paulo após um início sem muito entusiasmo. O Tricolor ainda tem quatro partidas do Campeonato Paulista por jogar em busca de uma vaga no mata-mata.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade