0
Logo do São Paulo
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

São Paulo

Hudson vê Pré-Libertadores como algo positivo: "Mais ritmo"

2 dez 2018
22h01
atualizado às 22h01
  • separator
  • comentários

Ao contrário da maioria dos torcedores são-paulinos, Hudson não vê a Pré-Libertadores como algo negativo para a equipe, que terá que definir seu futuro na competição logo no início da próxima temporada, em fevereiro. Para o volante tricolor, os jogos eliminatórios precoces podem dar mais ritmo aos atletas e fazer com que o São Paulo chegue mais forte na fase de grupos.

Neste domingo, o São Paulo garantiria uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores caso vencesse a Chapecoense e contasse com um tropeço do Grêmio contra o Corinthians em Porto Alegre. Fato é que o Tricolor sequer fez sua parte, saindo de campo derrotado por 1 a 0, gol de Leandro Pereira.

"A questão da Pré-Libertadores é relativa, pode ser boa ou gerar mais pressão. Podemos fazer bons jogos e entrar com muito mais ritmo na fase de grupos. Nosso pensamento tem que ser esse, fazer uma pré-temporada muito forte para entrar muito bem na Pré-Libertadores e fazer uma boa campanha na fase de grupos", disse Hudson.

Atual campeão da Copa Flórida, o São Paulo disputará novamente o torneio que serve como parte da pré-temporada em 2019. O time embarca para os EUA no dia seguinte à reapresentação dos jogadores e enfrentará o Eintracht Frankfurt, da Alemanha, e o Ajax, da Holanda.

"Acho que esses jogos são importantes para dar ritmo para a equipe, para sentir como a equipe está evoluindo durante os treinamentos. Teremos um período isolado, isso é bom também para a gente. Vamos enfrentar equipes fortes, de qualidade. Vai dar para medir o trabalho no começo do ano", completou o volante.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade