Em apresentação, Neilton explica porque não foi bem no São Paulo

26 mai 2017
0comentários
Publicidade

Neílton, que assinou contrato com o Vitória até o final da temporada de 2020, foi apresentado nesta sexta-feira. O jogador de 23 anos falou sobre a sua passagem no São Paulo durante a entrevista coletiva e explicou porque não conseguiu render na equipe comandada por Rogério Ceni.

Ao longo sua passagem de pouco menos de cinco meses pelo Tricolor, o jovem atacante só entrou em campo apenas nove vezes e não marcou gols. Para ele, Neilton seu baixo rendimento foi causado pela forma que ele foi utilizado.

"Eu estava sendo usado fora das minhas características. Como todos já sabem, eu sou jogador de ponta, gosto de usar minha velocidade. No São Paulo, eu estava jogando como meia e não estava tão à vontade para jogar e isso acabou pesando. Eu jogo de ponta e com velocidade, foi assim que eu joguei lá no Botafogo", disse ele, que se destacou na campanha do Campeonato Brasileiro de 2016 com o time alvinegro, que se classificou para a Libertadores.

O atleta revelado no Santos também falou sobre sua apagada passagem pelo Cruzeiro. "Acho que no Cruzeiro foi mais por falta de oportunidade. Cheguei em um momento que o time estava muito bem, era líder do campeonato. No São Paulo, eu já estava preparado, mas infelizmente eu não encaixei no sistema tático do Rogério, não estava jogando na minha posição também. Se você for ver, eu só joguei um jogo completo. Acho que faltou um pouco mais de liberdade e espaço para que eu encaixasse", declarou.

Apesar de já ter treinado com o Vitória na tarde desta sexta-feira, Neilton ainda não pode estrear, porque ele precisa ter sua situação regularizada. Quando seu nome aparecer no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, ele estará apto a entrar em campo pelo Leão da Barra.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade