3 eventos ao vivo

Com a camisa 9, Pato se junta aos grandes centroavantes do Brasileirão

Cuca confirma reforço como referência na área, mesma posição de Fred, Gustavo, Gabriel e Guerrero

24 abr 2019
04h41
atualizado às 04h41
  • separator
  • comentários

O atacante Alexandre Pato deve estrear pelo São Paulo no sábado, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro, como uma das grandes esperanças para o time recuperar o poder do seu ataque. Nos últimos quatro jogos, a equipe só fez um gol.

Cuca já o escalou como o camisa 9, a referência na área. Nesta função, ele será também uma das grandes atrações da competição nacional ao lado de outros centroavantes de ofício, como Gabriel (Flamengo), Gustavo (Corinthians), Ricardo Oliveira (Atlético-MG), Fred (Cruzeiro) e Guerrero (Internacional).

O treinador indicou que Pato, além dos outros recém-contratados Tchê Tchê e Vitor Bueno, deve estrear na abertura do torneio. Do trio, apenas Tchê Tchê está regularizado na CBF. De acordo com o clube, Pato e Vitor Bueno serão inscritos esta semana.

"Tchê Tchê é polivalente, segundo volante. O Pato é um atacante, hoje nós precisamos que ele seja centroavante. O Vitor (Bueno) joga pelo lado direito, esquerdo, meia de origem. Já para o sábado poderemos usá-los."

Nos treinos, Pato está bem. Depois de ter feito um gol no jogo-treino da semana passada diante do São Caetano, ontem ele fez dois golaços no trabalho com bola, mostrando grande poder de finalização.

Em todos os treinamentos táticos, Pato foi escalado como camisa 9, função que deverá exercer enquanto Pablo estiver se recuperando de cirurgia na região lombar - o prazo de recuperação é de seis a oito semanas. Isso significa que Pato será o centroavante do time até a parada para a Copa América. Com o retorno de Pablo, Pato provavelmente será escalado pelos lados do campo, posição que ocupou em sua primeira passagem pelo Morumbi.

Pato é o maior goleador do clube nos últimos cinco anos. Durante as duas temporadas em que defendeu o São Paulo, por empréstimo em negociação com o Corinthians (troca pelo meia Jadson), o atacante somou 38 gols em 98 jogos. Logo abaixo dele estão Luis Fabiano (34 gols), Alan Kardec (25 gols) e Michel Bastos (22 gols).

Apesar da expectativa e do bom retrospecto, Cuca pediu paciência. Depois de duas temporadas na China, Pato não disputa uma partida oficial há cinco meses. Existe preocupação em relação a eventuais lesões.

Outros centroavantes do Brasileirão

Fred - Cruzeiro

O artilheiro do Mineiro se recuperou de lesão no joelho e tem 16 gols em 17 jogos.

Gabriel - Flamengo

Foi vice-artilheiro do Carioca com sete gols e superou críticas por uma expulsão na Libertadores.

Gustavo - Corinthians

Depois de um grande início de temporada, o atacante terminou o Paulistão com seis jogos sem marcar.

Ricardo Oliveira - Atlético-MG

Aos 38 anos, o veterano soma 12 gols em 16 jogos. É um dos destaques do time, que oscila bons e maus momentos.

Guerrero - Internacional

Depois de cumprir suspensão de oito meses por doping, o peruano fez três gols nos primeiros dois jogos.

Pedro - Fluminense

Grande revelação de 2018, teve ascensão interrompida por cirurgia e está voltando.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade