0

Peres se preocupa com "approach" por Sampaoli, mas aposta em permanência no Santos

9 out 2019
08h12
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente do Santos, José Carlos Peres, admite a preocupação com a procura de clubes do exterior pelo técnico Jorge Sampaoli. Os casos mais recentes são do Monterrey, do México, e Lyon, da França.

Presidente do Santos admite preocupação com o assédio por Sampaoli (Foto: Gazeta Press)
Presidente do Santos admite preocupação com o assédio por Sampaoli (Foto: Gazeta Press)
Foto: Gazeta Esportiva

Peres, porém, aposta na permanência do treinador e ratifica a vontade de ter o argentino pelo menos até o fim do atual contrato, em dezembro de 2020.

"Isso já era previsto. Sampaoli é um objeto de desejo em grandes clubes europeus, da América do Sul e até do Brasil. Esperamos que ele cumpra contrato pelo menos até 31 de dezembro de 2020. Há coisas que são inevitáveis no futebol, uma delas é esse approach. Eles têm o dinheiro, o poder do euro, e isso é fato. Fico preocupado. Na fase áurea do Luxemburgo, veio proposta do Real Madrid e Santos perdeu no início da temporada. Futebol é isso, temos que conviver com as dificuldades e com nosso caixa que não é tão forte como clubes da Europa e Ásia também. Temos que nos conformar. Esperamos que Sampaoli reflita exatamente sobre isso, morar numa cidade onde é querido, sofre pouca pressão quando time não vai bem. É atributo que Santos tem. Tem que pensar bem e ficar conosco. Estamos em fase decisiva do campeonato", disse Peres, à Rádio Bandeirantes. 

"É uma multa de um bom montante (cerca de R$ 10 milhões), mas nada que os clubes europeus não possam pagar. Não conto com essa hipótese dele aceitar sair nesse momento. Acredito na palavra, no desafio e no projeto planejado. Dizem que foi sorte e que foi sem querer, mas a contratação foi sentada, discutida. Espero que ele continue com o projeto até o final", completou o presidente.

Representantes de Sampaoli dizem que nada de concreto chegou até o técnico e reafirmam a permanência pelo menos até dezembro deste ano. O "fico" em 2020 será avaliado posteriormente.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade