PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Em confronto direto, Santos visita Sport para deixar zona de rebaixamento

Equipe santista vem de derrota para o líder do Atlético-MG e precisa frear embalo pernambucano

17 out 2021 05h11
| atualizado às 05h11
ver comentários
Publicidade

A briga contra a zona de rebaixamento se tornou uma realidade para o Santos. Após longo jejum e tropeços inesperados, o time comandado por Fábio Carille fará contra o Sport, neste domingo, às 20h30, um confronto direto para evitar terminar a rodada na temida região da tabela do Brasileirão. O duelo, válido pela 27ª rodada, será disputado na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

Apesar da situação ruim no campeonato, ambos os times não estão com o moral baixo. O Santos vem de derrota, mas o revés foi para o líder disparado do campeonato, o Atlético-MG, e fora de casa. O resultado não foi encarado como uma pancada na confiança dos santistas. Antes, venceram o Grêmio e encerraram uma sequência de 11 jogos sem vitória.

Do outro lado, o Sport perdeu do Cuiabá por 1 a 0, na quinta, mas vinha de três triunfos consecutivos, sequência inédita para o clube no campeonato até então. O time pernambucano soma 26 pontos, dois a menos que o rival paulista. Pelo menos, um deles terminará a rodada na zona da degola.

Sem se abalar com o resultado da rodada passada, o Santos tem a confiança de que, mesmo com tropeços, vem mostrando ligeira evolução a cada partida. E Carille vem ganhando novas opções no time. Contra o Atlético-MG, a surpresa foi Raniel, que voltou ao time com gol, o seu primeiro em quase dois anos, após grave problema de saúde. Ele poderá ser titular, compondo o ataque com Marinho e Lucas Braga porque Léo Baptistão se machucou no Mineirão.

O treinador terá outra novidade certa neste domingo. Mas ao mesmo tempo uma preocupação. O goleiro Jandrei vai ocupar a vaga de João Paulo, suspenso por ter levado o terceiro cartão amarelo. O substituto, contratado em agosto, não apenas fará sua estreia com a camisa santista como encerrará um jejum de um ano sem entrar em campo.

"Toda estreia gera uma ansiedade, né? Mas eu estava trabalhando forte para estar pronto quando esse momento chegasse e agora vou buscar ajudar meus companheiros da melhor maneira possível", diz o goleiro de 28 anos. Se fizer boa apresentação, se tornará uma sombra para João Paulo. Isso porque Jandrei costuma exibir habilidade na saída de jogo com os pés, ponto fraco do atual titular santista.

Do outro lado, o Sport deve ter mudanças em sua formação titular. "Essa é sim uma possibilidade (de rodar o elenco). Venho conversando com os jogadores, tenho uma ideia baseada no que queremos para a próxima partida. Mas isso vai passar muito pela comunicação e sinceridade dos atletas quanto à recuperação física", disse o técnico Gustavo Florentín.

Outro fator que será levado em consideração é o deslocamento do time de Cuiabá até Recife. O elenco teve praticamente somente o sábado para descansar, o que também fez a comissão técnica alterar o cronograma para ter o elenco menos desgastado para a partida. "Vamos fazer todo esforço para chegar bem no domingo, buscando a melhor maneira para que os jogadores possam descansar. Somente teremos tempo para isso", completou Florentín.

O técnico segue sem poder contar com os meias João Igor e Thiago Lopes e o atacante Neílton, todos entregues ao departamento médico. O zagueiro Rafael Thyere, com dores musculares, é dúvida e deve ser preservado. Chico segue do lado de Sabino no meio da defesa.

FICHA TÉCNICA:

SPORT x SANTOS

SPORT - Maílson; Weverthon, Chico, Sabino e Sander; Marcão Silva, Hernanes, José Welison e Gustavo Oliveira; Mikael e Everaldo. Técnico: Gustavo Florentín.

SANTOS - Jandrei; Vinicius Balieiro, Velázquez e Wagner Leonardo; Marcos Guilherme, Camacho, Sánchez, Vinicius Zanocelo; Lucas Braga, Marinho e Raniel (Marcos Leonardo). Técnico: Fábio Carille.

ÁRBITRO - Anderson Daronco (RS).

HORÁRIO - 20h30.

LOCAL - Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

Estadão
Publicidade
Publicidade