6 eventos ao vivo

Comissão de arbitragem explica atuação do VAR em suposto pênalti em Rodrygo

28 mar 2019
14h55
atualizado às 14h55
  • separator
  • 0
  • comentários

Com o empate sem gols diante do Red Bull Brasil na última terça-feira, o Santos garantiu vaga nas semifinais do Campeonato Paulista, mas mesmo assim saiu insatisfeito com a atuação da arbitragem. Isso porque, em dado momento do jogo, Rodrygo caiu dentro da área, e os santistas queriam a marcação de um pênalti.

Nesta quinta-feira, durante um congresso na Federação Paulista de Futebol, Edmilson Corona, presidente da comissão de arbitragem da FPF, explicou como se deu a atuação do árbitro de vídeo no lance, e o motivo da infração não ter sido marcada.

"Toda a situação de pênalti ou não é checada. Então a situação foi checada, e há uma comunicação entre o árbitro e a sala. A sala pergunta se o árbitro viu o lance e ele diz que sim, interpretando como não pênalti. Isso é suficiente para a sala. A informação é que para ele (árbitro de campo) não é falta, então cessa o VAR, porque não é um lance claro e é interpretativo…Dependendo do relato dele (árbitro de campo), ele olha o VAR. Como é um lance interpretativo, a ação do VAR termina aí", disse.

Além disso, Edmilson garantiu que, independente do pênalti ter sido marcado ou não, o procedimento de comunicação entre o árbitro e a sala do VAR ocorreu da maneira esperada.

"A ação entre campo e sala foi correta. Se eu, como comissão de arbitragem, entender que aquilo deve ser interpretado como pênalti, eu e o departamento de desenvolvimento de arbitragem vou trabalhar na qualificação do árbitro de campo, pois aí ele estaria com dificuldade de interpretar", completou

Classificado para as semifinais do Campeonato Paulista, o Santos enfrenta o Corinthians às 16 horas de domingo, na arena de Itaquera. Dono de melhor campanha, o time treinado pelo argentino Jorge Sampaoli escolheu mandar o segundo jogo no Pacaembu, às 20 horas da próxima segunda-feira.

*Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade