PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Carlos Sánchez pode retornar ao time titular do Santos já na Copa Sul-Americana

Santistas volta aos gramados na próxima quinta-feira quando recebem o Independiente de Avellaneda

11 jul 2021 17h45
| atualizado às 17h45
ver comentários
Publicidade

O uruguaio Carlos Sánchez vem recebendo atenção especial de Fernando Diniz no Santos após ficar oito meses afastado por causa de grave lesão no joelho. Recuperado, o meia entrou no decorrer dos últimos seis jogos e vem melhorando o desempenho da equipe. O treinador pode testá-lo desde o começo contra o Independiente, na quinta-feira, pela Copa Sul-Americana.

Como Jean Mota terá de cumprir suspensão diante do Red Bull Bragantino na próxima rodada do Brasileirão, no fim de semana, abrindo espaço para o uruguaio, é possível que o técnico já comece a entrosar Sánchez com os demais companheiros.

Desde outubro de 2020 que Sánchez não inicia uma partida. Recuperado da lesão no joelho, o Santos fez de tudo para segurá-lo e renovou seu contrato. O experiente jogador é considerado um diferencial do elenco.

Sánchez está tão empolgado em ajudar o time da Baixada Santista que até fez questão de bater o primeiro pênalti contra o Palmeiras. Marinho é o batedor oficial. Assumir a cobrança e voltar a festejar um gol era o que o uruguaio queria para aumentar ainda mais sua motivação.

A Sul-Americana virou uma espécie de torneio de consolação ao Santos após queda na primeira fase da Copa Libertadores. Apesar de prometer dedicação na competição, Fernando Diniz não descarta fazer mudanças na escalação para rodar o elenco. Sanchez confia numa chance.

Outra meta de Diniz é ajustar o setor defensivo. Com a negociação de Luan Perez, o técnico ainda busca encontrar as melhores peças para o setor. Luiz Felipe volta após cumprir suspensão diante do Palmeiras e Kaiky e Danilo Boza lutam pela outra vaga. Wagner Leonardo, sue estava emprestado ao Náutico, retornou por "emergência" e também virou opção.

Estadão
Publicidade
Publicidade