PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Carille elogia Bauermann e Bigode e vê necessidade de "vários reforços" no Santos

1 dez 2021 16h03
| atualizado às 16h03
ver comentários
Publicidade

O técnico Fábio Carille vê a necessidade de vários reforços no Santos para 2022.

Em entrevista ao Bandsports, o treinador do Peixe analisou o elenco e falou sobre a mescla com jovens jogadores.

"Vamos precisar de jogadores em todas as posições. Linha defensiva, meio-campo e linha ofensiva. Vamos precisar de vários jogadores. Temos dúvidas sobre a continuidade de profissionais. Alguns foram emprestados com número alto, outros têm valores altos para permanência. E com isso, se acontecer da não continuidade, precisaremos de mais atletas para fortalecer esse grupo. Ali dentro temos reforços importantíssimos. Kaiky voltou, Sandry tem me encantado, já conhecia por ter visto no ano passado. Potencial muito grande. Jobson, que acompanho desde o Red Bull, e em janeiro estará na pré-temporada. Vejo que não são muitos jogadores (para trazer) se os atletas permanecerem. Mas vamos conversar com a diretoria para traçar uma linha de contratação. Não sentamos sobre isso ainda. Então fica vago. Vamos ter R$ 30 ou R$ 2 milhões? Está muito no ar ainda", disse Carille.

Carille falou especificamente sobre Eduardo Bauermann e Willian Bigode. O zagueiro do América-MG já está contratado, enquanto o atacante do Palmeiras negocia com o Santos.

"O Eduardo é uma situação que tem andado muito bem. Sei dessa informação há um tempo. Não falamos ainda (com a diretoria), mas são jogadores nesse perfil para potencializar os jogadores que o Santos já tem", afirmou o técnico.

"Willian é bom jogador, experiente e pode agregar com esses meninos. Cabeça muito boa, profissional exemplar. Trabalhei com ele no Corinthians entre 2010 e 2012", completou.

Fábio Carille falou sobre a permanência de jogadores, mas a própria presença do técnico é incerta. O executivo de futebol Edu Dracena é quem decidirá.

O contrato de Fábio Carille está nas normas da CLT, sem multa rescisória ou prazo pré-estipulado. Verbalmente, porém, o acordo com o presidente Andres Rueda foi até dezembro de 2022.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade