1 evento ao vivo

São Paulo vai ser chuva passageira ou toró no Brasileirão?

Líder após as duas primeiras rodadas, Tricolor venceu o primeiro turno no ano passado e depois se perdeu

2 mai 2019
13h38
  • separator
  • 0
  • comentários

O início é promissor. Pato fez gol logo no segundo jogo, Toró é mais um garoto lapidado em Cotia, que mostra personalidade e já balançou a rede contra o Goiás, e ainda há o experiente técnico Cuca no comando. São apenas dois jogos, mas os 100% de aproveitamento e a liderança provisória já fazem o torcedor sonhar.

Claro que ainda é cedo, mas o Tricolor fez a lição de casa, vai ter um teste de fogo contra o Flamengo, no domingo, e o mais importante: pode se espelhar no próprio Brasileiro do ano passado para não repetir os mesmo erros.

Alexandre Pato, do São Paulo, comemora seu gol durante partida contra o Goiás, válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2019, no estádio Serra Dourada, em Goiânia
Alexandre Pato, do São Paulo, comemora seu gol durante partida contra o Goiás, válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2019, no estádio Serra Dourada, em Goiânia
Foto: André Borges / Agif / Estadão

Em 2018, o São Paulo foi o campeão simbólico do primeiro turno. Até então, desde o início dos pontos corridos, o time nessa colocação ou tinha sido campeão (na maioria das vezes) ou tinha terminado como vice. Só que o Tricolor fez uma campanha de rebaixado no segundo turno e terminou apenas em quinto lugar.

Por isso, para não ser mais uma vez uma chuva passageira, o São Paulo vai ter que contar com Toró, com Luan, com Liziero, com Igor Gomes e com Antony para criar uma “Tempestade Tricolor” no Brasileirão. Depois é só segurar a onda com a tranquilidade de Hernanes, os lampejos do apaixonado Pato e seguir as receitas do mestre Cuca para tentar acabar com o jejum de 11 anos sem título brasileiro.

Veja também:

Paradinha Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade