0

E Carille disse Love, Love, Love

Técnico corintiano se rende à versatilidade do artilheiro do amor

14 mar 2019
12h01
atualizado às 12h02
  • separator
  • 0
  • comentários

Como já cantou o saudoso Chorão, do Charlie Brown Jr., o homem quando está em paz não quer guerra com ninguém. Eis aí o retrato falado de Vagner Love.

Com o artilheiro do amor não tem tempo ruim. Precisa de alguém pra voltar e armar o jogo? Chama o Love. Precisa de um cara pra ser o segundo atacante? Pode contar com Love. Precisa de alguém pra ser o nove? Love é a solução.

Vagner Love comemora seu gol contra o Ceará
Vagner Love comemora seu gol contra o Ceará
Foto: LC Moreira / Estadão

Seja como titular ou como opção no banco, Vagner Love está sempre com o sorriso aberto e pronto pra ajudar o Corinthians a vencer qualquer batalha, mas sempre sem perder a ternura.

Fábio Carille disse Love, Love, Love depois do jogo e comparou o atacante com Jô, que foi fundamental no título brasileiro de 2017.  Para o treinador, Vagner Love é peça chave por poder exercer mais de uma função dentro de campo, e também fora dele por causa de sua irreverência, alegria e comprometimento.

E assim o Timão de Vagner Love decola principalmente na Copa do Brasil, onde já marcou 9 gols em três jogos. No Paulistão, o time de Carille fez dez jogos e só balançou a rede oito vezes.

Veja também

 

Paradinha Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade