PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Sem folga após derrota, Palmeiras preenche semana com dias de treino

Verdão deu início à preparação para o próximo duelo menos de 24 horas depois da partida contra o Flamengo

14 set 2021 15h31
| atualizado às 15h31
ver comentários
Publicidade

No último domingo (12), o Palmeiras foi derrotado pelo Flamengo no Allianz Parque em partida válida pelo Brasileirão. O elenco alviverde se reapresentou e deu início aos treinamentos já nesta segunda-feira (13). Em busca de uma resposta do time no campeonato, a comissão técnica marcou treino para todos os dias da úteis semana.

Renan e Gustavo Scarpa, do Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)
Renan e Gustavo Scarpa, do Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)
Foto: Lance!

O próximo confronto acontece no sábado (18) às 17h (de Brasília), na Arena Condá, contra a Chapecoense. Até lá, a equipe comandada por Abel Ferreira terá mais quatro dias de preparação para tentar melhorar seu futebol.

Depois de uma maratona de jogos até o final julho, o calendário do Verdão ficou mais livre entre agosto e setembro. No entanto, até o momento, o tempo sem compromissos não tem garantido boas atuações ao time. Além do revés para o clube carioca, o Alviverde empatou com o São Paulo e perdeu para o Fortaleza em outras oportunidades.

Nas semanas anteriores ao duelo diante do Flamengo, a comissão havia intercalado dias de trabalho com dias de descanso. Em entrevista coletiva após a partida, Abel Ferreira admitiu a culpa pela má atuação, mas destacou que o time tem muito a melhorar e, para isso, precisar reconhecer os erros e trabalhar mais.

A estratégia agora é focar nos treinamentos e ceder menos folgas para os atletas. Este modelo, por necessidade e planejamento, foi utilizado durante a vitoriosa temporada de 2020 e deu bons frutos ao Palmeiras. No cenário atual, com mais tempo livre, pode ser o caminho ideal para o time retomar o rumo das vitórias.

No momento, o Maior Campeão Nacional ocupa a segunda colocação do torneio nacional, com 35 pontos, sete a menos que o líder Atlético-MG. Para atingir a desejada pontuação de 81, terá de chegar a cerca de 85% aproveitamento no segundo turno.

Lance!
Publicidade
Publicidade