5 eventos ao vivo

Sampaio diz que multará Valdivia por faltas em reapresentação

4 jan 2013
13h13
atualizado às 13h36
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Se Valdivia terminou 2012 mais uma vez lesionado, a temporada 2013 no Palmeiras começou ainda pior. O meia chileno não se reapresentou na tarde da última quinta e também não marcou presença na manhã desta sexta-feira na Academia de Futebol.

Sem justificar ausências, Valdivia será multado pela diretoria do Palmeiras
Sem justificar ausências, Valdivia será multado pela diretoria do Palmeiras
Foto: Getty Images

O gerente César Sampaio disse que tentou contato com o jogador na tarde de quinta, mas só recebeu uma mensagem de texto, no celular, nesta sexta. No entanto, a mensagem não continha justificativas suficientes para a ausência do meia e, por isso, Valdivia será multado.

"Eu tive um contato com o prestador de serviço dele. A princípio ele teria um retorno marcado para o dia 5. Tentamos contato e hoje (sexta-feira) recebi uma mensagem dele. Nós vamos enteder o porquê do não comparecimento dele até para tomar as providências. Hoje ele está multado. A legislação permite até 40% do salário, mas vamos aplicar a multa de acordo com a nossa caixinha. Não vou revelar os valores", afirmou César Sampaio.

De acordo com o dirigente, a punição acontece conforme o número de ausências por períodos, não por dias. Até agora ele não compareceu a dois deles (tarde de quinta e manhã de sexta), e essa conta pode aumentar.

Embora Sampaio utilize um discurso diferente, o Palmeiras pretende se desfazer do camisa 10, uma vez que ele recebe o teto salarial do elenco (R$ 500 mil), e o rendimento em campo não condiz com o que era esperado.

"Esperávamos e esperamos que ele possa corresponder às expectativas, mas não é interesse do Palmeiras abrir mão dele", acrescentou Sampaio.

No final do ano passado, Valdivia recebeu o aval da diretoria para negociar com algum clube e, em seguida, apresentar uma proposta que convencesse os cartolas palmeirenses. Até o momento, apenas uma sondagem de um clube espanhol aconteceu, e o Palmeiras aguarda uma oferta formal, por escrito.

E não é apenas a diretoria que está insatisfeita com o jogador. Nos bastidores, Gilson Kleina já demonstrou irritação com o chileno por suposta falta de comprometimento na reta final do Brasileiro de 2012, quando o Palmeiras acabou rebaixado. Marcos Assunção, que negocia a renovação de contrato, também criticou o comportamento do companheiro e os dois protagonizaram uma briga no vestiário do CT, no fim do ano passado.

Baixe gratuitamente o aplicativo Sigo meu Time e acompanhe seu time do coração

Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade