PUBLICIDADE
Logo do

Náutico

Meu time

Erick será desfalque no Náutico para jogo contra o CRB

Atacante precisa ter situação burocrática resolvida entre o Timbu e o atual proprietário de seus direitos, o Braga-POR

27 jun 2021 17h20
| atualizado às 17h22
ver comentários
Publicidade

Depois de dois empates nos dois últimos compromissos pela Série B do Brasileirão, o Náutico não terá o atacante Erick diante do CRB na próxima rodada da competição onde a equipe tentará se sustentar na liderança da competição.

Atleta está no clube desde a última temporada (Léo Lemos/CNC)
Atleta está no clube desde a última temporada (Léo Lemos/CNC)
Foto: Lance!

Isso porque o jogador de 23 anos de idade vive momento onde o Timbu tenta garantir a sua continuidade em conversas junto ao Braga-POR, dono dos direitos do atleta. Existe um impasse claro onde a equipe brasileira quer prorrogar o vínculo de empréstimo, mas os lusitanos deseja negociar em definitivo nome que acumula 68 compromissos e 13 gols desde que chegou ao Aflitos.

O técnico Hélio dos Anjos, em entrevista, não escondeu que sente preocupação real em perder o jovem atacante diante da valorização pelas atuações nos dois últimos anos de Erick. Entendendo, inclusive, que também contra o Operário na sexta-feira (2) o jogador não deve estar com sua situação resolvida:

- Hoje, a única certeza que eu tenho é que, no próximo jogo contra o Operário, o Erick não joga. Isso eu tenho certeza. Nem se quisermos, a gente não vai ter tempo de ter resolvido a parte burocrática. Eu estou preocupado. Acho que o clube tem que estar atento a isso. Hoje, já tem 50 ou 70% andado. Os outros 30 é o que está me preocupando. O Braga tem o pensamento deles. Pelo que me informaram, a resolução com o Braga está bem encaminhada, mas tem as partes. São três partes. Náutico, Braga e o jogador.

- O jogador, queira ou não queira, passou a ter um certo mercado, baseado no que ele vem fazendo no Náutico. E nós temos que ter atenção. O preço de você ser líder de um campeonato como esse é muito caro e todo mundo tem que pagar o preço. Paga-se o preço jogador, comissão técnica, direção. Todos. É isso que eu estou esperando, que a situação seja solucionada - acrescentou o comandante do Timbu.

Lance!
Publicidade
Publicidade