PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Motociclismo

Marc Márquez enaltece sinceridade do chefe da Honda: "Não liga se você é campeão"

Marc Márquez rechaçou as críticas a Alberto Puig, chefe da Honda, e enalteceu a sinceridade e motivação para recuperar a marca da asa dourada

12 jan 2023 - 10h22
Compartilhar
Exibir comentários
Marc Márquez e Alberto Puig trocaram elogios
Marc Márquez e Alberto Puig trocaram elogios
Foto: Repsol / Grande Prêmio

A Honda passa longe de viver sua melhor fase na MotoGP. Em 2022, a marca da asa dourada terminou na lanterna entre os construtores após um ano em que não teve um bom desempenho de seus pilotos com a RC213V, sobretudo pela nova cirurgia de Marc Márquez. O espanhol de Cervera sabe disso e já deixou claro que, se sua equipe não melhorar, a situação pode não ser muito diferente nesta temporada.

Ainda assim, o hexacampeão da MotoGP reiterou a confiança na Honda e elogiou o chefe do time, Alberto Puig, que assumiu o cargo em 2018 e viu Márquez conquistar seu último título até então, em 2019.

Relacionadas

Investigação suspeita que prontuário de Schumacher à venda seja rascunho descartado em Grénoble, diz jornal
FIA projeta calendário para F2 e F3 com início em julho e fim perto do Natal
Rascunho do calendário da quarta temporada da F-E marca data para estreia em São Paulo: 17 de março de 2018

 "As pessoas podem falar besteira sobre Alberto, mas para mim ele é crucial. Ele é crucial porque é honesto. Quando uma pessoa é honesta e fala diretamente com você, normalmente essa pessoa não tem muitos amigos", disse ele.

Marc Márquez falou sobre Alberto Puig, chefe da Honda
Marc Márquez falou sobre Alberto Puig, chefe da Honda
Foto: Repsol / Grande Prêmio

"Ele não se importa se você é oito vezes campeão mundial, ele não se importa se você é um engenheiro da NASA! Ele não se importa! Se ele disser ou acreditar que 'essa não é a direção', ele dirá para você. É uma pessoa que ajuda muito. Ouvi muitos comentários sobre Alberto, mas estou muito feliz com ele", acrescentou.

Puig também falou sobre Márquez. Ele admite que a fase da Honda não é boa, também por causa das dificuldades do #93.

 "Conheço Marc muito bem, ele é nosso piloto, ele é meu amigo. Entendo perfeitamente o que ele está passando. Estou à recuperação dele", colocou Puig.

"Quando você entra neste tipo de posição em uma equipe de corrida, deve entender que terá momentos bons e ruins. Se você finge que será o paraíso, significa que não entende este campo de corrida. Tivemos anos muito bons, agora estamos sofrendo muito. Como eu lido com isso? Eu apenas cuido disso", encerrou.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Compartilhar
Publicidade
Publicidade