PUBLICIDADE

Veterano do UFC tem pé dilacerado em acidente; imagens fortes

Eryk Anders, contudo, não informou se terá problemas para seguir em atividade no UFC

17 mar 2022 - 16h34
Ver comentários
Publicidade

Veterano nome do UFC, Eryk Anders passou um susto nos últimos dias, enquanto realizava atividades domésticas. O lutador estava fazendo serviços de jardinagem no seu próprio quintal, quando deixou a serra elétrica escapar e teve parte do pé dilacerado. Em entrevista ao We Got Next, o peso-médio relatou o drama.

Erky Anders, do UFC, sofreu grave acidente doméstico nos Estados Unidos (Foto: Reprodução/Instagram)
Erky Anders, do UFC, sofreu grave acidente doméstico nos Estados Unidos (Foto: Reprodução/Instagram)
Foto: Lance!

- Eu tenho feito jardinagem e construído um jardim dentro do meu quintal, e eu tenho usado botas de bico de aço a semana toda. Então, a única vez que fui usar a serra elétrica eu pensei que seria um corte rápido, um trabalho fácil e na hora estava com meus tênis. Eu até olhei para as botas quando estava saindo da garagem. Eu cortei essas duas árvores e, quando estava na terceira, a lâmina ficou presa. Mantive a serra funcionando com uma mão, empurrei a árvore um pouco para cima com a outra, e pensei que ela cortaria a árvore, mas não cortou. Ele correu pela árvore e caiu no meu pé - comentou o atleta do UFC, que prosseguiu:

- Para ser honesto, eu nem sabia que tinha cortado meu pé. Percebi que bateu no meu pé e olhei para baixo e os cadarços, meu sapato estava todo rasgado. Eu fiquei tipo: 'Oh, m***, isso me cortou.' Eu deslizei meu pé para fora do meu sapato e tudo que você podia ver era carne branca, apenas preenchida com sangue. Eu estava muito nervoso porque a primeira coisa que pensei foi na minha carreira, e como vou lutar se não consigo mexer os dedos dos pés? Então comecei a mexer os dedos dos pés, podia sentir os dedos dos pés, então não achei que tivesse causado nenhum dano permanente ou danos nos nervos - relatou Eryk Anders.

O atleta disse ainda que teve problemas para ser atendo no hospital, por conta da burocracia e pelo fato de o médico que estava de plantão no momento não saber aplicar pontos. Anders, contudo, não informou se terá problemas para seguir em atividade no UFC. Ele tem luta marcada - mas ainda sem um adversário definido - para o fim de maio, algo incerto após o acidente. O lutador de 34 anos tem 14 vitórias e seis derrotas no MMA.

Lance!
Publicidade
Publicidade