PUBLICIDADE

Especialista em edição, Kainã Oliveira explica como lutadores podem engajar nas redes através de vídeos curtos

Kainã Oliveira, editor de vídeos, deu dicas importantes de como os lutadores podem se destacar nas redes sociais através de vídeos curtos; confira os detalhes:

16 set 2021 09h54
ver comentários
Publicidade

O marketing digital é um grande aliado dos profissionais de luta, seja para o atleta, que aumenta sua popularidade e, consequentemente, os patrocínios; ou para o professor, que através de videoaulas consegue mostrar seu trabalho e ampliar o número de alunos.

Kainã Oliveira deu dicas para atletas aumentarem engajamento nas redes (Foto: Divulgação)
Kainã Oliveira deu dicas para atletas aumentarem engajamento nas redes (Foto: Divulgação)
Foto: Lance!

Hoje em dia, qualquer um pode pegar o celular e filmar o que quiser, mas não basta apenas registrar as imagens, é preciso organizá-las e resumi-las para que os seguidores assistam o máximo possível do vídeo publicado.

Editor de vídeos para canais no Youtube, Kainã Oliveira trabalha resumindo transmissões de pelo menos duas horas em materiais de, no máximo, três minutos. Segundo ele, saber aproveitar o que realmente importa é fundamental para conseguir engajamento.

- Qualquer pessoa em posse de celular consegue filmar um evento, uma aula, mas nem todos tem a sensibilidade de organizar as informações audiovisuais em um vídeo curto que prenda a atenção das pessoas e, assim, possam viralizar - explica.

A popularidade do Tik Tok e da ferramenta reels do Instagram prova que o público clama por videos objetivos. Para fazer edições simples, não é necessário ter supercomputadores e softwares profissionais.

- Existem aplicativos grátis para celulares que possibilitam editar os vídeos. Alguns disponibilizam até efeitos. A qualidade do conteúdo vai ficar por conta da leitura do criador do vídeo, que precisa entender o que realmente precisa ser mostrado - destaca Kainã.

Ainda de acordo com o especialista, roteirizar o vídeo antes de filmar é um caminho que facilita bastante na hora da edição.

- Um treino não tem como roteirizar, mas uma videoaula, por exemplo, que é planejada, pode ser colocada no papel antes da gravação, o que praticamente anula as chances de erros durante a filmagem - concluiu.

Lance!
Publicidade
Publicidade