3 eventos ao vivo

Uma derrota nos últimos oito anos e melhora como mandante: Fluminense estreia no Maracanã

Tricolor recebe o Palmeiras nesta quarta-feira após derrota para o Grêmio fora de casa na primeira rodada; Flu perdeu na estreia em casa apenas no ano passado desde 2012

12 ago 2020
06h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Fluminense ainda não venceu em jogos oficiais desde o retorno do futebol no Brasil. Na estreia do Campeonato Brasileiro, contra o Grêmio, o Tricolor carioca tropeçou novamente e saiu derrotado por 1 a 0 de Porto Alegre. Nesta quarta-feira, porém, o time treinado por Odair Hellmann espera começar a mudar a maré da má fase. Em mais um confronto difícil, desta vez contra o Palmeiras, o Flu aposta no bom retrospecto em estreias no Maracanã e quer melhorar o desempenho como mandante nesta temporada. A partida, às 21h30, terá transmissão em tempo real do LANCE!.

Fluminense terá o Palmeiras na primeira partida como mandante neste Brasileirão (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Fluminense terá o Palmeiras na primeira partida como mandante neste Brasileirão (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Foto: Lance!

Nas últimas oito edições do Brasileirão, o Fluminense perdeu apenas uma vez em seu primeiro jogo como mandante, justamente no ano passado, contra o Goiás. Nos outros anos, foram cinco vitórias e dois empates para o Tricolor contra equipes como Atlético-MG, Cruzeiro e Santos (veja os dados completos abaixo).

Na Era dos pontos corridos, o time das Laranjeiras é um dos piores mandantes em Brasileiros. A equipe tem apenas 46,6% de aproveitamento em seus domínios. Pegando um histórico desde 2012, ano em que o Flu levantou a taça do Brasileiro pela última vez, a equipe teve 11 vitórias, cinco empates e três derrotas em casa. Em 2013, quando terminou na zona de rebaixamento, mas não caiu por conta da escalação irregular da Portuguesa e ficou em 15º, foram oito vitórias, seis empates e cinco derrotas.

Em 2014, melhor campanha desde então, quando o Flu terminou em sexto lugar, os números superaram até os do ano de campeão, com 11 vitórias, seis empates e duas derrotas. Um desses jogos foi mandado fora do Rio de Janeiro. No ano seguinte, em 2015, foram 10 vitórias, três empates e seis derrotas. A equipe terminou em 13º lugar, assim como em 2016, quando teve nove vitórias, cinco empates e cinco derrotas, sendo quatro dessas partidas fora do Rio.

Nos últimos três anos o Tricolor manteve a média. Em 2017, quando ficou em 14º, teve sete vitórias, seis empates e seis derrotas. Em 2018, foram nove vitórias, cinco empates e cinco derrotas, com o 12º lugar. Já no ano passado, o Flu terminou o Brasileirão em 14º e teve apenas seis vitórias no Maracanã, além de sete empates e seis derrotas.

Para esta partida, Odair Hellmann terá novidades na formação inicial na tentativa de melhorar o rendimento ofensivo do time. Com uma proposta mais aberta, optando por Michel Araújo no lugar de Yuri, ainda não se sabe como o treinador vai armar os três jogadores de meio. No ataque, a alternativa foi por sacar Marcos Paulo e, possivelmente, deslocar Evanilson para a ponta, na tentativa de dar mais velocidade ao time. Fred será o centroavante e Nenê seguirá na direita, onde ainda não deu resultados.

Veja os números:

2012 - campeão

11 vitórias

5 empates

3 derrotas

Estreia em casa: empate com o Figueirense por 2x2

2013 - 17º inicialmente e 15º após os julgamentos

8 vitórias

6 empates

5 derrotas

Estreia em casa: vitória contra o Atlético-MG por 2x1

2014 - 6º

11 vitórias

6 empates

2 derrotas

Estreia em casa: vitória contra o Figueirense por 3x0

2015 - 13º

10 vitórias

3 empates

6 derrotas

Estreia em casa: vitória contra o Joinville por 1x0

2016 - 13º

9 vitórias

5 empates

5 derrotas

Estreia em casa: empate com o Santa Cruz por 1x1

2017 - 14º

7 vitórias

6 empates

6 derrotas

Estreia em casa: vitória contra o Santos por 3x2

2018 - 12º

9 vitórias

5 empates

5 derrotas

Estreia em casa: vitória contra o Cruzeiro por 1x0

2019 - 14º

6 vitórias

7 empates

6 derrotas

Estreia em casa: derrota contra o Goiás por 1x0

Veja também:

Resumão do Mercado - #2
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade