1 evento ao vivo

Sr. decisão! Sem Diego Alves, César volta a ser colocado à prova no Fla

Goleiro substitui Diego Alves, que não se recuperou de lombalgia, e terá a missão de novamente ser titular em um momento decisivo no Flamengo

8 mai 2019
10h02
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O torcedor do Flamengo conhece esse cenário. Jogo decisivo em torneio internacional. Diego Alves sente lesão e é substituído. César entra e dá conta do recado. Foi assim em 2017, na Copa Sul-Americana, e agora o momento se repete na Copa Libertadores, em 2019. Nesta quarta-feira, contra o Peñarol, o goleiro será novamente à prova para ajudar o Rubro-Negro.

Sem Diego Alves, César volta a ser colocado à prova no Fla (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Sem Diego Alves, César volta a ser colocado à prova no Fla (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Foto: Lance!

Foi assim em 2017. Diego Alves sofreu uma fratura na clavícula na partida de ida da semifinal da Copa Sul-Americana, contra o Junior Barranquilla (COL). O substituto Alex Muralha acumulou falhas e foi barrado. Então, César entrou na fogueira, mas assumiu a responsabilidade no jogo de volta, na Colômbia, pegou pênalti e levou o Rubro-Negro para a final do torneio.

Desta vez, Diego Alves não se recuperou da lombalgia sofrida contra a LDU (EQU), e César será o responsável por levar o Flamengo às oitavas de final da Libertadores. Basta não levar gols: se o Rubro-Negro empatar no Campeón Del Siglo, estará classificado. O novo titular sabe da responsabilidade e espera buscar a classificação na Libertadores.- A gente vem de boas vitórias, fomos campeões cariocas.... Mas no Flamengo as cobranças são muito grandes, a gente se cobra também. Perdemos para o Inter, mas poderíamos ter saído com um resultado melhor. Tomamos gols que poderiam ser evitados. E lógico, depois temos um grande jogo na Libertadores, buscar essa classificação, que é o nosso objetivo principal - declarou César.

César vem sequência de três jogos como titular e soma uma vitória, um empate e uma derrota. Nesta temporada, sob comando de Abel Braga, disputou oito jogos com duas vitórias, quatro empates e duas derrotas.

Veja também:

Pelé é superestimado? Editor do L! avalia polêmica criada por site inglês
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade